Início Notícias Tite indica que usará Pedro por “10 minutos” contra a Tunísia

Tite indica que usará Pedro por “10 minutos” contra a Tunísia

Pedro, do Flamengo, treinando na Seleção Brasileira – Foto: Lucas Figueiredo

O GLOBO: Por Caio Blois

O técnico Tite afirmou que pretende dar chance a tão cobrada chance ao atacante Pedro no amistoso contra a Tunísia, nesta terça–feira, o último do Brasil antes da Copa do Mundo. Mas não como titular, e sim durante a partida.

– Convocação do Pedro é justa em função da performance no clube. Temos também atletas importantes que criam oportunidades. Daqui a pouco é dada a eles. Possivelmente ele tenha uma situação dentro do jogo. É a ideia. Mas já tenho o diagnóstico. Já sei o que ele pode dar. Ele já esteve, já treinou, já machucou e voltou. Não vai ser só esse jogo que vai determinar – afirmou Tite, em Paris, confirmando a pretensão de utilizar o jogador, mas deixando claro que isso não define nada.

– Vai participar sim, mas nós todos sabemos o que o Pedro pode dar. Não vão ser 10 minutos a mais ou a menos que vão mudar. Não fazemos um recorte tão pequeno com um atleta, uma situação individual. É um jogador diferenciado, já esteve conosco, a gente sabia que ele teria uma sequência no Flamengo, o Dorival Júnior foi muito feliz, agora aguenta a cobrança para ele jogar mais tempo.

O técnico, mais adiante, indicou uma das razões para que o centroavante tenha que esperar sua vez, pois muitos jogadores pedem passagem e é preciso muitas vezes priorizar a versatilidade, que Fred e Paquetá proporcionam, por exemplo.

– Pode tirar e colocar para ter versatilidade. O modelo é um, as situações e modificações pontuais são outras coisas que não podemos confundir. O Pedro é especialista, se não jogar de 9, não vai funcionar. Paquetá é versátil, Fred é versátil, Rodrygo, Militão, Neymar, Ibañez, isso também conta. Para o meio e frente, dois. Três é o Juninho que quer (risos).

O técnico não confirmou a escalação, mas vai mandar a campo a base com Fred no lugar de Vini Jr, e Danilo de volta na lateral direita.

– São os dois modelos usuais que já transparecemos, com um segundo meio-campista mais avançado e criativo, outro mais equilibrado. Ter um articulador em vez de ter um agudo. Agudo do lado direito e um nove agudo que ataca o espaço. As construções tem se mantido – explicou Tite

O Brasil vai a campo com Alison, Danilo, Thiago Silva, Marquinhos, Alex Telles; Casemiro, Fred, Paquetá; Neymar, Raphinha, Richarlison.