Início Notícias "Tem um diferencial…"; Diego alimenta antiga polêmica e crava que Pedro tem...

"Tem um diferencial…"; Diego alimenta antiga polêmica e crava que Pedro tem nível de craque da Europa

Em entrevista para o Desimpedidos, camisa 10 da Gávea não foge de antiga discussão sobre o centroavante flamenguista

Em 2022, o Flamengo pode ganhar mais um ídolo na história do Clube. Classificar um jogador para este patamar é tarefa difícil. Porém, caso a equipe treinada por Dorival Júnior alcance o título da Libertadores, contra o Athletico Paranaense, o atacante Pedro será para sempre lembrado pela campanha que fez. Artilheiro da competição, o centroavante concorre ao prêmio de melhor jogador do continente.

 



A atual fase de Pedro é tão boa que o rendeu uma vaga na última convocação da Seleção Brasileira antes da escolha final da Copa do Mundo. Em alta, o jogador é tema de discussões de amantes do esporte em todo país. Companheiro de Pedro no Flamengo, Diego Ribas voltou a antiga uma discussão e opinou que é possível comparar o artilheiro com Robert Lewandowski. Em entrevista ao podcast ‘Fala, Brasólho!’, do canal Desimpedidos, o meia destacou a função de pivô que Pedro faz.

“Dá para comparar (Pedro com Lewandowski). Nessa questão técnica, porque ele é um 9 extremamente técnico. Vejo o Pedro um pouco mais de referência, esse pivô que ele faz. Ele domina, consegue colar o zagueiro, ser essa referência, impressiona. Parece que ele tá jogando com um sub-15. Isso é um diferencial que ele tem em relação ao Lewandowski, mas são duas feras”, analisa Diego Ribas.

Agif/Thiago Ribeiro – Diego Ribas enfrenta Pedro desde 2018, quando jogavam em lados diferentes

Ao descrever em mais detalhes o dia-a-dia com o camisa 21 do Flamengo, Diego não polpou elogios ao colega. Eficaz tanto na arte de empurrar a bola para rede, quanto para achar companheiros livres, Pedro participa de muitos gols do time na temporada. Ainda em busca de mais espaço na Seleção Brasileira, Pedro deve ajudar muito a Amarelinha, segundo Diego Ribas.



“O Pedro, desde o 1º treino que ele fez, foi impressionante. Me surpreendeu. Eu esperava um grande jogador, mas ele é ainda melhor. O que ele consegue fazer, o posicionamento dele, a referência, o domínio. Ele consegue ter a noção do gol. Ele faz coisas que parece que tá lento, mas não tá. São movimentos complexos. A forma que ele domina já girando e bate com a esquerda muito bem. Ele é um cara muito especial. Que está ajudando muito a gente e vai ajudar muito a seleção brasileira. Como pessoa também é incrível”, opina o camisa 10 da Gávea.

Fonte: Bolavip