Início Notícias Rodrigo Caio chega a 13 lesões no Flamengo

Rodrigo Caio chega a 13 lesões no Flamengo

Rodrigo Caio ao lado de Márcio Tannure, médico do Flamengo – Foto: Alexandre Vidal

GOAL: Tauan Ambrosio

Rodrigo Caio chegou ao Flamengo, em 2019, como primeira contratação sob a administração do presidente Rodolfo Landim no Rubro-Negro, iniciando um período de reescrita do auge do clube através de domínio nacional e títulos importantes.

Habilidoso, de bom passe e elogiado por todo treinador com quem trabalhou, o atleta revelado pelo São Paulo brilhou com intensidade especial no 2019 marcado pelos títulos Carioca, Brasileiro e da Libertadores. Mas além dos títulos, a passagem do defensor também é conhecida pelo excesso de lesões.

Agora na reta final de 2022, por exemplo, Rodrigo Caio não estará disponível para as finais de Copa do Brasil e Libertadores. Por causa de um problema no joelho esquerdo, o zagueiro só deve voltar a jogar no ano que vem. Com 137 partidas oficiais pelo Flamengo, 6 gols marcados e outros tantos evitados, Rodrigo Caio tem 29 anos e contrato até o fim de 2023 com os rubro-negros.

Relembre, abaixo, as lesões de Rodrigo Caio no Flamengo (não incluímos aqui os casos de Covid-19).

– Concussão: de abril a maio de 2019
– Coxa esquerda: entre julho e agosto de 2019
– Corte no joelho direito: entre janeiro e fevereiro de 2020
– Coxa esquerda: entre fevereiro e março de 2020
– Panturrilha direita: entre outubro e novembro de 2020
– Coxa direita: entre janeiro e fevereiro de 2021
– Coxa direita: entre fevereiro e abril de 2021
– Coxa direita: entre abril e maio de 2021
– Panturrilha direita: entre julho e setembro de 2021
– Joelho direito: final de outubro e início de novembro de 2021
– Joelho direito: entre dezembro de 2021 e maio de 2022
– Joelho esquerdo: entre junho e julho de 2022
– Joelho esquerdo: julho de 2022 com previsão de retorno em 2023