Início Notícias "Se fizer… não vamos ser superiores"; Felipão entrega estratégia para vencer Fla...

"Se fizer… não vamos ser superiores"; Felipão entrega estratégia para vencer Fla na final da Libertadores

Técnico do Furacão afasta preocupação sobre Pedro Henrique e atualizada questão de saúde do zagueiro

O Athletico Paranaense pode fazer história em 2022. O Rubro-Negro de Curitiba se classificou pela segunda vez desde a sua criação para uma final da Libertadores e vai decidir com o Flamengo. O rival do Rio de Janeiro preocupa o Furacão, principalmente pela força que conquistou nos últimos meses. Porém, o técnico Luiz Felipe Scolari mostrou que é possível.

 



Apesar dos tropeços no Brasileirão, como o empate na última rodada com o Cuiabá, Felipão defende que o Athletico pode ser campeão da Libertadores contra o Flamengo. O profissional admitiu a posição que o Clube se encontra, atrás do rival carioca, mas disse que a postura é o que vai fazer a diferença. Segundo ele, fazer o ‘simples’ não é o bastante.  

“Deslumbramento tivemos todos nós, a cidade de Curitiba. Chegamos numa final, todos juntos, numa final de Libertadores. Sabemos o que temos na mão, temos que saber o quanto difícil é, e o quanto temos que lutar e fazer diferente para ser superior. Se (o Athletico) fizer o simples, o normal, o equilibrado igual aos outros, não vamos ser superiores em jogo nenhum”, afirma Felipão.

Agif/Robson Mafra – Para Felipão, Pedro Henrique deve voltar a tempo da final

Felipão também trouxe atualizações sobre a lesão de Pedro Henrique. O técnico do Furacão disse que caso seja apenas um corte, como ele acha que é, a recuperação será em curto tempo. O período de retorno, nesse caso, seria confortável visando a decisão do dia 29 de outubro, no Equador.



“Preocupava, mas depois que suturou, vimos bem o pé dele. Provavelmente ele tenha essa recuperação abreviada para sete, oito, dez dias. Parece-me que foi mais o corte que a torção. Se foi isso, não estamos preocupados. Vamos ver os próximos dias. Pela minha experiência, acho que não preocupa para a final”, comunica o técnico do Athletico-PR.

Fonte: Bolavip