Início Notícias Raphael Claus justifica expulsões de Cebolinha e Marinho no clássico

Raphael Claus justifica expulsões de Cebolinha e Marinho no clássico

Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

O Fla-Flu deste domingo (18) foi marcado por ampla polêmica na arbitragem. Nesse sentido, o árbitro Fifa, Raphael Claus, teve uma atuação bastante contraditória no Maracanã e chegou a perder o controle do jogo no segundo tempo, quando uma confusão generalizada tomou conta do campo.

 

O grande protagonista do tumulto foi o volante Felipe Melo, que havia acabado de entrar na partida, aos 39 do segundo tempo, e em uma dividida, instaurou o caos dentro das quatro linhas. Contudo, o volante tricolor acabou saindo do cenário sem ser advertido por Claus. Por outro lado, o árbitro acabou expulsando Marinho e Everton Cebolinha, do lado do Fla, e Manoel e Caio Paulista, do lado do Flu.

 

Em súmula, Raphael Claus justificou as expulsões do jogadores do Flamengo. Para Marinho, o árbitro alegou que o atacante Rubro-Negro estava “empurrando o seu adversário e iniciando um tumulto entre os jogadores”. Já para Cebolinha, Claus alega que o atleta “segurou com força o pescoço do seu adversário”.

 

Por fim, a expulsão dos dois jogadores será prejudicial para a próxima partida do Flamengo. Isso porque, o Rubro-Negro sofrerá ao todo seis desfalques por conta da Data Fifa no meio desta semana. Sendo assim, Marinho e Cebolinha teriam grandes chances de atuar contra o Fortaleza, no próximo dia 28, pelo Brasileiro, devido as ausências de Pedro e Arrascaeta.


Fonte: Diário do Fla