Início Notícias "Acredito que não há dúvida"; Vítor Pereira manda a real e 'crava'...

"Acredito que não há dúvida"; Vítor Pereira manda a real e 'crava' situação do Flamengo na Copa do Brasil

Técnico do Corinthians deu entrevista após a vitória diante do Fluminense e foi sincero na resposta envolvendo a final diante do Rubro-Negro

O Flamengo venceu os dois jogos diante do São Paulo pelas semifinais da Copa do Brasil e estava aguardando para saber contra quem iria jogar na decisão, mas depois de um jogo muito bom na última quinta-feira (15), o Corinthians passou pelo Fluminense. Com isso, nos dias 12 e 19 de outubro, novamente irá ocorrer um mata-mata entre as duas maiores torcidas do Brasil.

 



 

Após o apito final, durante a entrevista coletiva, Vítor Pereira revelou que a final da competição nacional diante dos cariocas será especial para sua carreira. Vale lembrar que o português chegou no meio da temporada, sofreu com calendário e, por muita vezes, recebeu críticas. Apesar de tudo, deixou claro que enxerga sua equipe atuando da forma que imagina ser o ideal.

 

 

“Eu já tenho muitas finais, muitas, muitas finais mesmo, tenho muitas finais na minha carreira. Aqui é uma final especial, porque não é fácil chegar no Brasil sem pré-época, sem nada, apanhar o clube em andamento, jogar o Paulistão, clássicos e clássicos sem tempo para trabalhar, tentando sobreviver ao tempo com uma enormidade de lesões. Hoje começo a sentir que a equipe joga como eu quero. Depois de tantos meses, a equipe morde, é agressiva, está mais ligada…”, analisou o português.

 

Foto: Jorge Rodrigues/AGIF - Flamengo e Corinthians voltam a se enfrentar.
Foto: Jorge Rodrigues/AGIF – Flamengo e Corinthians voltam a se enfrentar.

 

“Quando vim para o Brasil eu vim com essa ideia, mas nunca tive possibilidade de trabalhar. Eu disse antes: se tiver um bocadinho de tempo, se os lesionados voltarem, vocês vão ver que a qualidade melhora. Tanto do ponto de vista defensivo como ofensivo aumenta a qualidade. Pronto, é o que está a acontecer. Por méritos dos jogadores e por termos um bocadinho mais de tempo de trabalho. Bastam duas semanas e as coisas tornam-se diferentes. Foi o que não aconteceu durante meses e meses e meses aqui, estávamos a sobreviver”, completou.

 



 

Por fim, mas não menos importante, colocou o Mais Querido como favorito na decisão: “Pelo orçamento, com certeza absoluta que o Flamengo. Pela quantidade de jogadores que já ganharam títulos, acredito que não há dúvida nenhuma que eles estão em vantagem. Mas futebol é o futebol. Vamos esperar, não estou aqui a fazer promessas porque não sou muito dessas… Agora, que vamos competir, vamos. Isso eu garanto. Não sei se vamos ganhar, mas vamos competir”, disse o gringo, conforme publicou o UOL Esporte.

Fonte: Bolavip