Início Notícias Cinco clubes demonstraram interesse, mas Michael quer o Fla

Cinco clubes demonstraram interesse, mas Michael quer o Fla

Michael, jogador do Flamengo – Foto: Divulgação

GOAL: Raisa Simplício, Raul Moura & Thiago Fernandes

Destaque do Flamengo na temporada 2021, Michael sonha com um retorno ao futebol brasileiro. O jogador de 26 anos encontra dificuldades para se adaptar ao mundo árabe e já até externou o desejo de voltar ao Brasil. De olho na situação, clubes como Botafogo, São Paulo, Corinthians e Atlético-MG monitoram a situação e demonstram interesse no jogador.

Antes mesmo de Michael deixar claro que gostaria de voltar ao Brasil, o Botafogo formalizou uma proposta pelo jogador. Na ocasião, o clube de John Textor ofereceu 6 milhões de euros (R$ 31 milhões na cotação atual por 50% dos direitos econômicos do atacante. O Al Hilal, no entanto, recusou.

No final da janela de transferências, foi a vez do Corinthians formalizar uma proposta de empréstimo por Michael, que também foi recusada. A ideia do clube paulista era ter o jogador como substituto de Willian, que deixou o Timão e retornou ao futebol europeu.

Segundo soube a GOAL, recentemente, São Paulo e Atlético-MG consultaram a situação de Michael para entender a possibilidade de formalizar uma proposta na próxima janela de transferências. Mas apesar do assédio, Michael dá preferência ao Flamengo em caso de retorno ao futebol brasileiro. O jogador tem um acordo com Marcos Braz, vice-presidente de futebol do rubro-negro, e vai ouvir o clube carioca antes de escolher qualquer outra equipe no país.

Mas apesar do desejo de Michael, o Al Hilal não pretende facilitar a saída do atacante. O jogador é visto como peça fundamental de uma das equipes mais fortes da Ásia e tem o carinho dos torcedores. Não à toa, rejeitaram prontamente a boa proposta do Botafogo. Mesmo sabendo das dificuldades de adaptação e ciente de problemas psicológicos do atleta no passado, o clube se esforça para mantê-lo.

Michael tem contrato com o Al Hilal até junho de 2025. O clube saudita desembolsou cerca de 8 milhões de dólares para comprar o atacante junto ao Flamengo.