Início Notícias "A grande questão é"; Marcos Braz 'se cansa' e manda forte recado...

"A grande questão é"; Marcos Braz 'se cansa' e manda forte recado a titular de Dorival Júnior

Jogador não vive um bom momento na temporada, mas têm o respaldo da diretoria e da comissão técnica 

Embora seja o favorito para conquistar o tricampeonato da Libertadores e também o tetracampeonato da Copa do Brasil, a torcida do Flamengo gostaria também de encerrar o ano vencendo o Brasileirão e consequentemente terminando a temporada com a tríplice coroa nas mãos. Porém, esse objetivo está cada vez mais distante, uma vez que o Palmeiras vem pontuando com frequência no torneio nacional , enquanto o Fla vem tropeçando. 

E na visão dos torcedores, um dos responsáveis pelo Fla não estar perto do líder nesse momento é por culpa do atacante Gabigol. Na visão da torcida, o camisa 9, que já foi artilheiro do Clube nos últimos anos vem tomando decisões erradas que acabam prejudicando a equipe e também o temperamento alterado do craque flamenguista vem fazendo com que o time se complique na competição. Um exemplo citado por todos é o duelo diante do Ceará, no Maracanã, onde o artilheiro já tinha amarelo e continuou discutindo com o juiz da partida até ser expulso em um lance em que não era necessário um argumento mais ríspido.

 



 

Em entrevista nesta terça-feira (13), Marcos Braz saiu em defesa do atacante do Flamengo, mas ponderou que o camisa 9 deve melhorar em alguns quesitos como, por exemplo, a ansiedade que o atleta tem nos jogos e seu temperamento ao longo da partida, principalmente com os árbitros. 

 

Marcos Braz pediu para que Gabigol comece a se policiar mais dentro de campo. Foto: Alexandre Vidal/ Flamengo

 

“Acho que falar que ele não passa dos limites, não é justo nem honesto. Agora, a grande questão é a ânsia dele, a vontade dele no  dia a dia e dentro dos jogos. Ele, às vezes, acha que a arbitragem está com dificuldade de apitar o que é correto. Muitas vezes ele tem uma análise de que está sendo perseguido (pelos árbitros)”, disse o dirigente que finalizou o assunto dizendo que o camisa 9 deveria se policiar mais.

 

 

 “Enfim, acho que tem um pouco de cada coisa, acho que ele tem que se policiar um pouco mais”, avaliou Marcos Braz, que viu Gabigol ficar de fora dos duelos diante do Vélez Sarsfield, no Maracanã, pelo jogo da volta da Copa Libertadores e também, diante do Goiás, na Serrinha, em jogo válido pela 26ª rodada do Brasileirão, onde a equipe de Dorival teve que jogar sem um homem de área porque o atacante Pedro também estava suspenso.

Fonte: Bolavip