Início Notícias Dorival rebate críticas por rodízio na equipe do Flamengo

Dorival rebate críticas por rodízio na equipe do Flamengo

Dorival Jr com Arturo Vidal e Cebolinha – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

COLUNA DO FLA: Depois de poupar os principais jogadores nos empates contra Palmeiras, Ceará e Goiás, muitos torcedores criticaram as escolhas de Dorival Júnior nas partidas do Flamengo no Campeonato Brasileiro. Apesar de não ter agradado boa parte da Nação com as escolhas, o treinador citou outros clubes para defender a convicção e rebateu as opiniões contrárias, após empate de domingo (11), em Goiânia, por 1 a 1.

— O número de jogos absurdos, isso aí a gente já não vai mais falar. Tem minado a capacidade das equipes de restabelecerem os seus times principais. A prova disso é o São Paulo hoje (domingo) ter jogado com uma equipe totalmente modificada. Palmeiras na rodada anterior jogou com uma equipe totalmente modificada — disse o treinador, em coletiva de imprensa, após o empate em 1 a 1 com o Goiás, no domingo (11).

— Será que nós estávamos errados esse período todo que assim o fizemos? Exigiram a equipe principal contra o Ceará. Se tivéssemos feito, vocês viram a exigência do jogo contra o Vélez (ARG) no meio da semana? Será que teríamos o fôlego que tivemos para virar aquela partida? É por isso que eu questiono muito e sigo aquilo que todos nós programamos internamente. Temos um departamento que trabalha única e exclusivamente com isso e nos respalda com muitos dados — acrescentou o comandante.

Dorival Júnior tem optado pela estratégia de poupar jogadores no Campeonato Brasileiro desde o dia 2 de julho, quando o Flamengo venceu o Santos, na Vila Belmiro, pela 15a rodada da competição. De lá pra cá, o Rubro-Negro utilizou o ‘time das copas’ apenas contra Juventude, na 18a jornada. Ou seja, foram dez partidas do Brasileirão com o time alternativo, e apenas uma derrota, contra o Corinthians, no dia 10 de julho. Apesar da invencibilidade neste período, a torcida está na bronca, pelo clube ter ‘abandonado’ a disputa.

Se na principal liga do país o Mengão está mais longe do título, nas copas, o Rubro-Negro segue firme na briga pelas taças. O Flamengo joga a final da Copa Libertadores da América no dia 29 de outubro, contra o Athletico-PR. Antes, nesta quarta-feira (14), o Mais Querido disputa a partida de volta da semifinal da Copa do Brasil, contra o São Paulo, no Maracanã, às 21h45 (horário de Brasília). Como venceu no Morumbi por 3 a 1, o Fla pode até perder por um gol de diferença para chegar em mais uma final.