Início Notícias Gabigol é o jogador com mais cartões no Brasileirão em 5 anos

Gabigol é o jogador com mais cartões no Brasileirão em 5 anos

Gabigol reclamando com o bandeirinha – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

COLUNA DO FLA: Gabigol é um dos ídolos do Flamengo e está entre os jogadores mais marcantes da história do clube. Essa imagem foi construída com os títulos conquistados pelo atleta desde 2019, além das artilharias e gols importantes com o Manto Sagrado. Apesar disso, o atacante deixou de ser unanimidade entre torcedores rubro-negros por conta da indisciplina. Inclusive, o camisa 9 é quem mais recebeu cartões nos últimos cinco anos.

VEJA O RANKING:
1º Gabigol – 38 cartões (34 amarelos e 4 vermelhos)
2º Felipe (Fortaleza) – 38 cartões (34 amarelos e 4 vermelhos)
3º Samuel Xavier (Fluminense) – 34 cartões (30 amarelos e 4 vermelhos)
4º Richard Cândido (Ceará) – 36 cartões (33 amarelos e 3 vermelhos)
5º Kannemann (Grêmio) – 33 cartões (30 amarelos e 3 vermelhos)

Os dados levam em conta cartões amarelos e vermelhos recebidos pelos jogadores desde 2017, entre as Séries A e B do Campeonato Brasileiro. Nos últimos cinco anos, Gabigol foi advertido 38 vezes pela arbitragem, com 34 punições leves e quatro expulsões. O período leva em conta os anos vestindo a camisa do Flamengo e também uma temporada em que atuou pelo Santos. O levantamento foi divulgado pelo Goal.

O atacante, inclusive, cumpre suspensão no jogo deste domingo (11), contra o Goiás, após ter sido expulso no empate contra o Ceará, em 1 a 1, no fim de semana passada. Gabigol desfalca o time pela segunda partida consecutiva, visto que foi poupado do confronto contra o Vélez Sarsfield (ARG), pela semifinal da Libertadores, mas por opção de Dorival Júnior.

Gabigol estava pendurado com dois cartões amarelos e, caso sofresse nova punição, ficaria de fora da final da Libertadores. Por conta disso, o camisa 9 acabou não sendo relacionado para a partida decisiva contra o Vélez, no Maracanã. O atacante, inclusive, foi criticado nas redes sociais por um torcedor pelo excesso de cartões e rebateu o comentário.

Sem Gabigol e Pedro, que também cumpre suspensão, Dorival Júnior terá que ‘quebrar a cabeça’ para escalar o ataque rubro-negro, que ainda perdeu o jovem Lázaro recentemente. Agora, o treinador terá à disposição Marinho, Everton Cebolinha e Matheusão, Cria do Ninho, para o setor. O jogo entre Flamengo e Goiás acontece neste domingo (11), às 19h (horário de Brasília), na Serrinha, válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.