Início Notícias Quem é Denir Silva, funcionário mais antigo, massagista e “paizão” de Gabigol...

Quem é Denir Silva, funcionário mais antigo, massagista e “paizão” de Gabigol no Flamengo?

Gabigol cumprimenta Denir Silva antes de jogo do Flamengo no Maracanã

Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo

Adenir Silva, o funcionário mais antigo do Flamengo, foi diagnosticado com um tumor no cérebro no último sábado (3). O massagista, de 73 anos, aguarda resultados dos novos exames para a confirmação de uma cirurgia. A informação foi divulgada primeiramente pelo jornalista Renan Moura, da Rádio Globo, e, posteriormente, confirmada pelo Torcedores.com.

Ele trabalha há 42 anos no Flamengo. Nesse meio tempo, esteve presente nas conquistas de um Mundial de Clubes (1981), duas Libertadores (1981 e 2019), uma Recopa Sul-Americana (2020), duas Supercopa do Brasil (2020 e 2021), oito Brasileiros (1980, 1981, 1983, 1987, 1992, 2009, 2019 e 2020) e três Copas do Brasil (1990, 2006 e 2013).

Além de todos os títulos pelo Flamengo, Denir Silva, o eterno massagista da Gávea, foi convocado para integrar a comissão técnica da seleção brasileira em quatro Copas do Mundo. Ele esteve presente nos Mundiais de 1998, 2002, 2006 e 2010. Deixou a CBF após Dunga ser demitido devido ao fracasso do Brasil na Copa do Mundo da África do Sul.

Denir, como é carinhosamente chamado por dirigentes, funcionários, jogadores e jornalistas, foi contratado aos 32 anos. Foi levado por Cláudio Coutinho, então técnico do Flamengo, para reforçar a sua comissão técnica que já contava com outra lenda do clube: Jorge Luís Domingos, o Jorginho, que em decorrência de complicações causadas pela Covid-19, em 2020.

Denir Silva recebeu “férias forçadas” da diretoria rubro-negra durante a pandemia. Foi “reintegrado ao elenco” na véspera da final da Copa Libertadores da América de 2021, quando foi para Porto Alegre antes de seguir com a delegação para o Uruguai, onde o Flamengo perdeu o título da competição para o Palmeiras.

O “paizão” de Gabigol

Nos bastidores, o funcionário é respeitado pela relação próxima com os jogadores. Em 2019, por exemplo, ano inesquecível para os rubro-negros, Gabriel Barbosa sempre cumpria um ritual com o Denir. Antes de treinos e jogos, Gabigol, antes de entrar no vestiário, beijava a mão do massagista e pedia sua “benção” que, por sua vez, retribuía com um beijo na testa.

“Gabriel é muito identificado com esse clube. Tem a cara do Flamengo. A história dele aqui é maravilhosa. Ainda falta muita coisa para conquistar. Na minha opinião, já alcançou o patamar de ídolos do passado como Zico e Júnior. Sou muito fã dele”, disse em entrevista à “FlaTV”, quando foi homenageado pelos 40 anos de serviços prestados ao clube em 2020.

Antes de Gabigol, Denir Silva também teve relação próxima com outros astros que passaram pelo Flamengo entre 1980 e 2022. Nesse meio tempo, cuidou do corpo de ídolos como Zico, Júnior, Leandro, Bebeto, Renato Portaluppi, Romário, Petkovic, Adriano Imperador e Ronaldinho Gaúcho.

Fonte: Torcedores