Início Notícias Presidente do Corinthians diz ‘torcer’ por final contra o Fla

Presidente do Corinthians diz ‘torcer’ por final contra o Fla

Foto: Reprodução

ESPN: Durante a festa de aniversário dos 112 anos de Corinthians realizada na Neo Química Arena, o presidente Duílio Monteiro Alves esclareceu a atual situação do técnico Vítor Pereira.

O dirigente voltou a afirmar que a expectativa do clube é dar sequência do trabalho do português, independentemente dos resultados até o final da temporada 2022.

‘Quando ele veio eu fiz uma proposta de dois anos e ele não aceitou. A forma que ele trabalha ele sempre faz contrato de um ano para depois avaliar. Se renovaria tanto com a parte do clube estando satisfeita como a parte dele. Essa conversa [por renovação] não existiu. A gente tem essa pretensão, queremos que ele fique, mas vai chegar o momento certo. Temos esse ano até a temporada acabar, então temos o tempo a nosso favor, digamos assim”, contou o mandatário.

Duílio disse ainda que caso não renove o vínculo com Vítor Pereira, válido até o fim desta temporada, o Corinthians terá tempo suficiente para contratar outro nome.

”A gente termina o campeonato no começo no novembro e teremos tempo, caso ele não fique, para procurar outro treinador e iniciar o ano já com toda a comissão montada. Mas a expectativa e a vontade do Corinthians é que ele permaneça”, afirmou.

Por fim, o dirigente revelou que gostaria de enfrentar o Flamengo na final da Copa do Brasil. Para isso, Timão e o clube rubro-negro precisam passar por Fluminense e São Paulo, respectivamente.

Vale lembrar que o Corinthians empatou em 2 a 2 com o Tricolor das Laranjeiras no Maracanã. A partida de volta acontece no dia 15 de setembro na Neo Química Arena.

Por outro lado, o Flamengo tem situação mais confortável para o segundo jogo já que venceu o São Paulo por 3 a 1 no Morumbi.

”Primeiro temos que passar para a final e Flamengo também, mas o Corinthians estando na final, se for com o Flamengo, eu gosto. Gosto muito de jogo grande. O Corinthians tem todas as condições de brigar. O Flamengo há dois meses também não fazia um bom futebol, e o Corinthians vem melhorando também. Então, se classificarmos, seria um jogo maravilhoso”, afirmou o dirigente.