Início Notícias Vidal diz que Maracanã é o seu lugar preferido no Rio

Vidal diz que Maracanã é o seu lugar preferido no Rio

Gabigol e Arturo Vidal no Flamengo – Foto: Marcelo Cortes

COLUNA DO FLA: Arturo Vidal é um daqueles jogadores que tem ‘DNA rubro-negro’ e já caiu nas graças da Nação. Com um ‘jeitão’ irreverente, mas sem esquecer da bola no pé, o chileno está mostrando a que veio. No último jogo do Flamengo, no clássico contra o Botafogo, foi do camisa 32 o gol que deu a vitória diante do rival, em pleno Engenhão. O meio-campista não escondeu a alegria de vestir o Manto Sagrado, e afirmou até que o Maracanã é o melhor lugar do Rio de Janeiro.

— O Maracanã, quando entro para jogar (ponto preferido no Rio). É o que mais eu gosto. Desde que eu cheguei, eu disse que a única coisa que eu queria era vestir a camisa do Flamengo, com o Maracanã cheio e ganhar um jogo. Aconteceu tudo perfeito, porque eu também pude fazer um gol. A equipe venceu, vem crescendo nos últimos tempos. São dias de muitas alegrias, muitos sonhos que estão se realizando. Estou aproveitando ao máximo o que é ser um jogador do Flamengo, viver no Rio de Janeiro. O que as pessoas vivem aqui com futebol são coisas novas que estou aprendendo, que na Europa não se vive, mas a verdade é que me sinto muito feliz neste momento.

O chileno deixou claro que está surpreso com a forma que o povo carioca lida com o futebol.

— É como vivem o futebol aqui, a paixão que se tem (o que mais chama atenção no Rio). Eles começam o dia com futebol, já levantam com a camisa do Flamengo. De dez pessoas que você vê no dia a dia, sete ou oito estão com a camisa do Flamengo. Falam com você de futebol, do que esperam da equipe. Isso poucas vezes vi na Europa. Já joguei na Alemanha, na Itália, na Espanha e isso poucas vezes se vê — contou Vidal, à Conmebol.

Segundo o chileno, os europeus são mais ‘frios’ em relação ao esporte. Sobre as passagens por Alemanha, Itália e Espanha, Vidal revelou que a população local foca na torcida pelo clube apenas nos dias de jogo.

— (Os europeus) Eram fanáticos no dia do jogo, mas no dia a dia viviam cada um no seu mundo. Nos fins de semana, iam apoiar o time com todo o carinho e amor, mas depois disso cada um fazia suas coisas. Aqui não. Aqui nos sete dias da semana estão pensando na equipe, para que ela vá bem, para que ela possa conquistar algo — disse o volante.

Com Vidal entre os relacionados, mas provavelmente servindo de opção na reserva, o Flamengo vai medir forças com o Vélez Sarsfield, da Argentina. O duelo entre as equipes é válido pelo jogo de ida da Libertadores da América, que acontecerá na quarta-feira (31), às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio José Amalfitani.