Início Notícias "Talvez tenha colocado uma pimentinha na cabeça do Tite"; Neto deixa clubismo...

"Talvez tenha colocado uma pimentinha na cabeça do Tite"; Neto deixa clubismo de lado e exalta titular do Flamengo 


Apresentador projetou titular do Fla na Copa do Mundo e criticou a ausência de outro nome Rubro-Negro no time de Tite

Venceu mais uma. O Flamengo vive grande fase neste segundo semestre sob o comando de Dorival Jr e emendou, neste domingo (28), mais uma vitória pelo Brasileirão. Pela 24ª rodada da Série A nacional, jogando com os reservas o Rubro-Negro derrotou o rival Botafogo por 1 a 0, no Estádio Nilton Santos, com gol de Vidal. Com o resultado positivo, o Clube deixa o Fluminense para trás, assume a vice-liderança do campeonato e chega a 14 jogos invicto na temporada.

 



Depois de perder para o Corinthians no dia 10 de julho, pela 16ª rodada da Série A nacional, a equipe de Dorival emendou uma sequência de 11 vitórias e dois empates. São seis triunfos e um empate pelo Campeonato Brasileiro. Sequência positiva inferior apenas à do Palmeiras, que lidera a competição e não perde há nove partidas – seis vitórias e três empates. Neste período, o Fla manteve a invencibilidade também nos mata-matas:

Duas vitórias pela Libertadores, três triunfos e um empate pela Copa do Brasil. A boa fase tem passado muito pelas atuações em alto nível de nomes Arrascaeta, Pedro e Éverton Ribeiro. Com Dorival, o camisa 7 reencontrou o seu melhor futebol e vem sendo importante na arrancada Rubro-Negra. Com 26 vagas na Seleção Brasileira para a Copa do Mundo e uma lacuna aberta na função de meia armador no elenco Tite, o nome do jogador flamenguista já está na pauta para voltar à vestir a Amarelinha. 

“O Flamengo está jogando uma bola redonda. O Everton Ribeiro talvez tenha colocado uma pimentinha na cabeça do Tite em relação à Copa do Mundo”, disse o apresentador e comentarista esportivo Neto, em seu canal no YouTube. Hoje, a Seleção tem apenas dois meias no elenco: Lucas Paquetá entre os titulares e Phillippe Coutinho como opção na reserva. Paquetá está em alta e trocando o Lyon pelo West Ham. Já Coutinho, vive um momento ruim no Aston Villa. 



Ídolo do Corinthians do jogador, Neto defendeu ainda a presença de outro nome flamenguista e um titular do Palmeiras na equipe de Tite. “A injustiça desse país é não levar o Dudu e o Gabigol. Todo mundo pede o pedro, mas quem joga mesmo é o Gabigol. É um jogador que decide os jogos, enfrenta os adversários de uma maneira forte e faz três anos que arrebenta. Os dois juntos na seleção iria ajudar demais o Neymar e o Vinicius Junior”, completou.

Fonte: Bolavip