Início Notícias CBF deve aumentar ainda mais premiação da Copa do Brasil

CBF deve aumentar ainda mais premiação da Copa do Brasil

Gabigol comemorando vitória com jogadores do Flamengo – Foto: Paula Reis

TORCEDORES: Por Cido Vieira

Na última sexta-feira (26), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Globo anunciaram a renovação de contrato na Copa do Brasil entre as edições de 2023 até 2026. De acordo com informações do colunista Rodrigo Mattos, do UOL Esporte, a extensão de vínculo representará um aumento em torno de 50% em relação ao contrato atual, o que pode representar uma subida na premiação da competição.

No vínculo vigente, a Globo paga R$ 400 milhões anualmente. No novo formato, as cifras podem passar de R$ 600 milhões por ano, em caso de cumprimento de metas. As tratativas entre as partes estavam avançadas, com a emissora carioca vencendo a concorrência das agências IMG e Live Mode, e do SBT. A exemplo do que ocorre nesta temporada, a Globo negocia com a Amazon para ceder alguns jogos à plataforma de streaming.

Nos bastidores da CBF, há um entendimento de que o aumento nos vínculos contratuais irá impactar diretamente na premiação dos clubes. Nos moldes atuais, cerca de 80% das cifras são repassadas para os participantes, com valores variando de acordo com cada fase. Neste cenário, cerca de R$ 100 milhões a mais “inflar” os valores de premiação. Somente pelo título, o campeão desta temporada fatura R$ 60 milhões, fora o que fora recebido em etapas anteriores.

Os jogos de volta da Copa do Brasil 2022 ocorrem entre os dias 14 e 15 de setembro, no Maracanã e Neo Química Arena, respectivamente. No primeiro duelo, o Flamengo superou o São Paulo por 3 a 1 e abriu vantagem, enquanto no Rio de Janeiro, Fluminense e Corinthians empataram em 2 a 2.