Início Notícias ‘Fico muito feliz com as declarações do Tite, isso me motiva ainda...

‘Fico muito feliz com as declarações do Tite, isso me motiva ainda mais’, diz Pedro

Pedro-Flamengo
(Foto: Marcelo Cortes)

Desde a chegada de Dorival Júnior, o Flamengo mudou da água para o vinho. O comandante conseguiu fazer os jogadores recuperarem a confiança, e o desempenho do time melhorou muito.

O Mais Querido passou de equipe desacreditada para postulante a conquistar os títulos que disputa, empolgando seus torcedores. Semifinalista da Libertadores, semifinalista e com um ótimo resultado no jogo de ida pela Copa do Brasil e terceiro colocado no Brasileirão.

O jogador que simboliza esse crescimento do Flamengo na temporada é o artilheiro Pedro, o jogador ganhou a titularidade com Dorival e decolou na temporada, as boas atuações o tem credenciado para estar na lista da Copa do Mundo no fim do ano.

Durante entrevista à ESPN, Pedro falou sobre o momento que vive. O artilheiro rubro-negro afirmou estar muito feliz com as declarações de Tite, e que isso tem sido combustível para que ele continue se dedicando no dia a dia.

“Fico muito feliz com as declarações do Tite, isso me motiva ainda mais. Trabalho forte no dia a dia também para isso, chegar na Seleção e para realizar um sonho que é disputar a Copa do Mundo. Mas isso não pode mudar o que eu venho fazendo, vou continuar me dedicando no dia a dia e nos jogos, procurando evoluir e jogar bem pelo Flamengo”, disse Pedro.

O camisa 21 do Flamengo, falou sobre as mensagens que tem recebido de torcedores de outros clubes, elogiando o seu momento e pedindo a sua convocação. Pedro afirmou que isso é uma motivação enorme.

“Agradeço muito o carinho dos torcedores não só do Flamengo, mas do Brasil todo. Isso também me motiva bastante, ver torcedores de outros clubes pedindo a minha convocação. Tenho que continuar treinando e me dedicando, porque somente eu estando bem no Flamengo, vou ter chances de ser convocado pela Seleção”.

Por fim, Pedro falou sobre o seu posicionamento. O artilheiro garantiu que por características desde a sua formação é um centroavante clássico, mas os tempos atuais pedem mais movimentação e que ele consegue desempenhar bem esse papel.

“Sempre fui um cara de área, um camisa 9 fixo. Mas o futebol hoje pede muito mais que isso, não permite que eu fique só parado lá na frente, pede para ter uma maior movimentação, para buscar mais o jogo saindo um pouco mais da área, e isso eu consigo fazer bem”.


Fonte: Diário do Fla