Início Notícias "É mais especial"; Facincani ativa 'modo sincerão' e põe Renato Augusto acima...

"É mais especial"; Facincani ativa 'modo sincerão' e põe Renato Augusto acima de titular de Dorival no Flamengo


Renato construiu trajetória no futebol europeu, voltou ao Brasil e viveu um momento especial com a Seleção Brasileira no início do ciclo de Tite, conquistando a Copa América de 2016 e disputando o Mundial da Rússia, em 2018; jogador é cria das divisões de base do Flamengo

Embalou de vez. O Flamengo vive grande fase neste segundo semestre sob o comando de Dorival Jr. O desempenho apresentado em alto nível tem resultado em excelentes números e consolidado o Clube entre os principais candidatos aos títulos do Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil. O Rubro-Negro está invicto há 13 jogos. Depois de perder para o Corinthians no dia 10 de julho, pela 16ª rodada da Série A nacional, a equipe de Dorival emendou uma sequência de 11 vitórias e dois empates.



Pelo Campeonato Brasileiro, são seis triunfos e um empate. Sequência positiva inferior apenas à do Palmeiras, que lidera a competição e não perde há oito partidas – seis vitórias e dois empates.Neste período, o Fla venceu o Corinthians duas vezes pelas quartas de final da Libertadores, bateu o Galo pela volta das oitavas da Copa do Brasil, empatou com o Athletico-PR na ida das quartas e ganhou no jogo de volta, até encontrar o São Paulo, nesta quarta-feira (24), pela semifinal do torneio nacional.

Pela ida do confronto, o time flamenguista fez 3 a 1 e saiu com a vantagem de dois gols do Morumbi.A fase vitoriosa tem passado muito pelas grandes atuações de Arrascaeta, hoje considerado por muitos o melhor jogador em atividade no Brasil e até mesmo na América do Sul. No 3 a 1 sobre o Tricolor Paulista, o meia uruguaio serviu Everton Cebolinha, para o atacante marcar e sacramentar o resultado positivo fora de casa. Com o passe, Arrasca se consolidou como maior garçom do futebol mundial na temporada. Foram 19 até aqui.



Na mesma noite, Renato Augusto também brilhou nas semifinais da Copa do Brasil. O camisa 8 corintiano marcou um dos gols e teve atuação importante no empate do Timão em 2 a 2 com o Fluminense, no Maracanã. Comentarista da ESPN, Felippe Facincani não se intimidou ao comparar os dois meias e apontar quem vê com maior capacidade.



“Claro que o momento do Arrascaeta é melhor. É mais novo, tem um time mais entrosado… O Renato Augusto passou por problemas físicos. Agora, em talento natural, do que eu vi jogar, o Renato pra mim é mais especial”, definiu Facincani durante o ESPN F90.

Fonte: Bolavip