Início Notícias Rival do Flamengo, Vélez não vence no Argentino há 11 jogos

Rival do Flamengo, Vélez não vence no Argentino há 11 jogos

Foto: Divulgação

COLUNA DO FLA: A fase do Vélez Sarsfield (ARG), adversário do Flamengo na semifinal da Libertadores, segue ruim. Nesta segunda-feira (22), a equipe de Buenos Aires apenas empatou em 1 a 1 com o modesto Sarmiento Junin (ARG), pela 15a rodada do Campeonato Argentino e completou 11 jogos sem vencer na competição. Com o resultado, o time do técnico Cacique Medina segue na antepenúltima posição. A partida foi realizada no Estádio José Amalfitani, onde o Mais Querido jogará no dia 31 de agosto, pelo torneio continental.

O Sarmiento Junin, que ocupa a 18a posição do Campeonato Argentino, abriu o placar no primeiro tempo, em cobrança de pênalti convertida por Javier Toledo, aos 24 minutos. O Vélez Sarsfield chegou ao empate na etapa final, aos 12’, com um belo gol de fora da área do jovem Máximo Perrone, de 19 anos. O time da casa pressionou, teve 76% de posse de bola, 21 a 9 em finalizações, mas não conseguiu a virada.

Nesta partida, o técnico Cacique Medina mandou a campo oito jogadores que foram titulares do último jogo da equipe na Copa Libertadores, contra o Talleres (ARG), na volta das quartas de final. De peças diferentes, apenas o goleiro Burian, o volante Caséres e o atacante Osorio jogaram nas vagas de Hoyos, Garayalde e Pratto (suspenso no Argentino), respectivamente.

Antes de encarar o Flamengo, o Vélez Sarsfield tem apenas mais um jogo no Campeonato Argentino. Contra o Independiente (ARG), domingo (28), fora de casa. Diferentemente do Mais Querido que, antes de viajar ao país vizinho, encara São Paulo (dia 24) e Botafogo (dia 28). Contra os paulistas, pela semifinal da Copa do Brasil. Já com o rival estadual, pela 24a rodada do Brasileirão.

Flamengo e Vélez Sarsfield se enfrentam no dia 31 de agosto, na Argentina, e 7 de setembro, no Maracanã. Quem se classificar encara o vencedor de Palmeiras e Athletico-PR na grande final da Copa Libertadores, que será disputada em jogo único, no Equador. A decisão está marcada para 29 de outubro, em Guayaquil.