Início Notícias Marcos Braz sobre time alternativo contra o Palmeiras: ‘Qualquer decisão da comissão...

Marcos Braz sobre time alternativo contra o Palmeiras: ‘Qualquer decisão da comissão técnica tem todo nosso apoio’

Dorival-Júnior-Flamengo
(Foto: Marcelo Cortes)

Nesta terça-feira, a delegação do Flamengo chegou à São Paulo, onde ficará concentrado para a primeira partida das semifinais da Copa do Brasil contra o tricolor paulista. As equipes vão se enfrentar às 21h30, no Morumbi.

Dorival Júnior teve alguns dias para treinar e decidir o time que vai mandar à campo contra o São Paulo, como preservou seus titulares no final de semana, a tendência é que o comandante tenha força máxima.

Logo após a chegada da delegação rubro-negra, Marcos Braz de uma entrevista exclusiva para a ‘ESPN’. O VP do Flamengo afirmou que o futebol brasileiro precisa tomar um pouco de vergonha na cara, quando dirigentes e pessoas ligadas ao esporte querem mudar no tribunal a decisão tomada pelo árbitro.

“Está começando a ficar chato, essas situações em relação ao extra campo. As denúncias que querem interferir em situações que tem a decisão dos juízes, o VAR viu e voltou. Acho que o futebol brasileiro precisa ter um pouquinho mais de vergonha na cara, falo de todos nós dirigentes, jornalistas de todos que estão inseridos para que possamos ter uma postura diferente nesses processos e protocolos que todos nós temos que cumprir”, disse Marcos Braz.

O dirigente rubro-negro falou sobre como o Flamengo chega para essa partida, Braz garantiu que a preparação foi muito boa. O VP aproveitou para falar sobre a repercussão na mídia por Dorival Júnior ter escalado o time alternativo contra o Palmeiras, afirmando que a comissão tem o respaldo da diretoria que acredita muito no trabalho.

“O Flamengo chega tranquilo para o jogo de amanhã, tivemos uma decisão onde o Dorival principalmente foi muito questionado, que foi o fato de escalar a equipe alternativa contra o Palmeiras. Eu entendo essas análises e questionamentos, mas o problema que as pessoas não entendem que o Flamengo foi jogar dois jogos seguidos em campos de grama sintética e quem está no dia a dia dos treinos sabe que isso não é brincadeira, os jogadores sentem. Portanto na nossa análise e na análise da comissão técnica e na análise das pessoas que trabalham com a ciência não havia condições nenhuma de colocar o time titular nos dois jogos. Qualquer decisão da comissão técnica tem todo o nosso apoio, tem o meu apoio direto porque eu confio nas decisões do Dorival e de todos que estão trabalhando no dia a dia do CT”.

Por fim, Braz falou sobre a polêmica com o seu nome que surgiu nos últimos dias. Onde pessoas compartilharam um vídeo dizendo que o dirigente rubro-negro estava almoçando com representantes da Comissão de Arbitragem da CBF. O dirigente afirmou que a fake News foi esclarecida e que jornalistas conceituados deveriam ter mais reponsabilidade antes de espalhar esse tipo de conteúdo.

“Foi um absurdo o que aconteceu, postaram um vídeo dizendo que eu tinha ido a um treino da Comissão de Arbitragem da CBF. Jornalistas muito conceituados postaram em suas redes sociais para milhões de pessoas, em nenhum momento isso aconteceu. Eu nunca fui a esse local, depois de pausar o vídeo, vocês conseguem até ver que a pessoa é um pouquinho mais magra que eu (risos) e que não tem nada a ver comigo. São situações que contribuem para esses questionamentos, essas fake News não são legais até mesmo para a arbitragem. Os jornalistas precisam ter mais cuidado, apurarem as fontes para depois darem a sua opinião”.


Fonte: Diário do Fla