Início Notícias Em entrevista, Thiago Mais elogia Dorival e relembra lesão: ‘Foi a mais...

Em entrevista, Thiago Mais elogia Dorival e relembra lesão: ‘Foi a mais grave da minha carreira’

Em entrevista, Thiago Maia ressalta importância de Dorival: ‘Ele trouxe alegria’
Foto: Marcelo Cortes/CRF

A chegada de Dorival Jr mudou o Flamengo e alguns jogadores aproveitaram a chance dada pelo novo treinador. Entre eles, Thiago Maia, que assumiu a titularidade e vem tendo boas atuações com o Manto Sagrado. Em entrevista ao ‘GE’, entre diversos assuntos, o volante ressaltou a importância de Dorival e falou sobre a grave lesão.

“Quando o Dorival chegou no Flamengo, me chamou e disse: “Preciso de você de 15 a 20 dias bem. Quando acabar o treino, vai lá com o Celso (preparador físico) e faz algo a mais. O Thiago que eu conheço não é o que está jogando agora, não é o Thiago que eu conheci no Santos”, disse, antes de emendar sobre a grave lesão:

“Fico feliz. Antes da lesão já vinha numa sequência boa, mas infelizmente ela aconteceu. Foi a mais grave da minha carreira. A primeira, e espero que não aconteça mais nenhuma. Tive que me readaptar, e graças a Deus conseguir dar a volta por cima. Agora as coisas estão dando certo. O time está indo bem e eu estou indo bem”, complementou.

Confira outros trechos da entrevista de Thiago Maia:

Complemento do treino em casa

“Faço os trabalhos no clube, e aqui eu complemento. Tive que me readaptar, foi uma lesão muito grave. Se eu não desse continuidade ao que o Flamengo me dá, era impossível desenvolver tudo o que eu posso. Esse espaço que eu fiz aqui em casa foi muito importante para minha volta”

Crescente com Dorival

“O Dorival está acostumado a trabalhar com jogadores de alto nível. Treinou o Neymar no Santos. Ele sabe administrar bem o vestiário, é um paizão. Ele caiu como uma luva no Flamengo. Eu particularmente fiquei muito feliz, porque foi ele quem me formou para o futebol, me ensinou muito. Quando ele chegou no Santos, comecei a crescer também. No Flamengo a mesma coisa”

Concorrência no meio-campo

“Costumo dizer que é uma concorrência boa. Quando eu cheguei ao Flamengo, disse que eu vinha para somar, que não ia brigar com ninguém. Lógico que todos buscam seu espaço, o Vidal, Pulgar, João (Gomes) e Diego. No dia a dia a gente conversa e brinca bastante, mas dentro de campo existe uma disputa sadia. Isso é bom para o Dorival, porque todos querem mostrar serviço, e o individual sobressai”

Duelo com o São Paulo e vitória no Brasileirão

“São campeonatos diferentes, times diferentes… Certamente o São Paulo virá com sua força máxima, e temos que respeitar. Tem um treinador que já foi campeão aqui pelo Flamengo e sabe das nossas qualidades. Vamos jogar de igual para igual. Eles terão apoio dos torcedores agora, mas teremos 40 milhões torcendo por nós também. Então, espero que a gente consiga fazer um resultado bom”

Possibilidade de títulos

“Desde que o Flamengo foi fundado, entra para brigar por títulos. O Flamengo tem essa identidade de brigar por coisas grandes. Fico feliz de participar desse projeto, e queremos dar continuidade ao que começou em 2019. Todos que enfrentam o Flamengo querem dar a vida. Sabemos que será muito difícil, mas estamos confiantes em buscar os títulos”, finalizou Thiago Maia.

Fonte: Diário do Fla