Início Notícias “O que acontece é um absurdo”; Venê Casagrande não se intimida e...

“O que acontece é um absurdo”; Venê Casagrande não se intimida e comenta situação de medalhão no Flamengo


O Rubro-Negro faz decisão com o Palmeiras neste domingo (21), na briga pelo título do Brasileirão

O Flamengo encara o Palmeiras neste domingo (21), em jogo decisivo pelo Brasileirão. Líder e vice-lider se enfrentam às 16h, no Allianz Parque, em partida decisiva na briga pelo título da competição nacional. O Rubro-Negro venceu seus últimos seis jogos, arrancou na disputa e saltou posições na tabela.



O Fla começou o campeonato mal das pernas, engrenou desde a chegada de Dorival Jr e vem se firmando na briga pela ponta da tabela. Se vencer neste domingo (21), o Clube diminui para seis pontos a distância para os líderes. Os flamenguistas têm jogado com equipe alternativa na Série A nacional, preservando os seus principais jogadores para as Copas. 

Estratégia que parece estar dando certo para o Mengão. A equipe comandada por Dorival Jr. está nas semifinais da Libertadores e da Copa do Brasil. No Brasileiro, um time mesclado entre jogadores experientes como Diego Ribas e jovens surgindo da base, como Victor Hugo, tem dado resultado. Na rodada passada, por exemplo, o Fla goleou o Furacão por 5 a 0, com direito a gols de Fabrício Bruno (duas vezes), Ayrtor Lucas, Lázaro e Pedro.



Alguns atletas do elenco, como Diego Ribas, Diego Alves, Rodinei e Vitinho, vivem fim de ciclo no Clube. Neste sábado (20), o jornalista Venê Casagrande falou sobre situação de um deles. “Diego Alves tem uma história no Flamengo que merece ser respeitada, mas o que acontece em 2022 é um absurdo. Jogou apenas seis partidas, falhou várias vezes e tem um salário altíssimo. Não seria melhor uma rescisão amigável?”, contestou Venê.

 

Fonte: Bolavip