Início Notícias Jornalista recebe suspensão após ameaçar Guilherme, dono do canal “Flazoeiro”

Jornalista recebe suspensão após ameaçar Guilherme, dono do canal “Flazoeiro”

Jornalista recebeu suspensão de 120 dias pelo episódio após a classificação do Flamengo, e tem um prazo de 10 dias para apresentar sua defesa

Crédito: Reprodução

O jornalista Thiago José Lucca foi suspenso pela Associação dos Cronistas Esportivos do Paraná (Acep-PR) pelo ocorrido no confronto entre Atlético-PR x Flamengo. A suspensão se deve pelas ameaças feitas ao influenciador rubro-negro Guilherme Pinheiro, dono do canal “Flazoeiro”, na tribuna de imprensa da Arena da Baixada. A princípio, a punição é de 120 dias.

A suspensão foi confirmada pela Acep-PR, em documento assinado por Greyson Assunção, presidente da associação, e Daniel Piva, diretor jurídico da entidade. Ademais, ainda de acordo com a nota, jornalista tem 10 dias corridos para apresentar a sua defesa. Thiago se apresenta nas redes sociais como responsável pelo jornal ‘Pilarzinho Notícias’ e repórter na ‘Rádio Trio de Ferro’.

Guilherme Pinheiro se manifestou nas redes sociais nesta sexta-feira (19) através de um vídeo publicado no Twitter.

Primeiro, eu não postaria a situação toda se não estivesse ao vivo. Se fosse gravado, por exemplo, eu não teria postado e teria resolvido diretamente com a pessoa. Só tomou a repercussão que tomou porque eu estava ao vivo, e até cheguei a falar isso. Mas eu não consigo controlar as quase 20 mil pessoas que estavam acompanhando naquele momento. Segundo, eu não tenho nada contra ninguém. Eu se que o cara que perde fica um pouco mais nervoso e chateado. Peço desculpa aos colegas caso eu tenha incomodado alguém. Mas é isso, agradeço todo mundo que mandou mensagem me apoiando. Obrigado por respeitarem o meu trabalho. Quando a pessoa lá, eu já perdoei e não guardo mágoa nenhuma. Espero que fique tudo bem com ele”, disse.

Acerj se manifesta:

Em meio a grande repercussão do caso, a Associação de Cronistas Esportivos do Rio de Janeiro (Acerj) repudiou o ocorrido. A entidade ainda elogiou a decisão da Acep-PR após o ocorrido em Athletico x Flamengo.

Em vista dos fatos registrados, a ACERJ manifesta seu posicionamento de desagravo ao associado Guilherme Pinheiro e aplaude a decisão de sua coirmã ACEP.PR de se desculpar com nosso associado e aplicar medidas cabíveis ao infrator”, diz a nota.

Sobre o caso após Athletico x Flamengo:

O caso aconteceu pouco após o apito final da partida entre Athletico x Flamengo pelas quartas de final da Copa do Brasil. O time carioca avançou à semifinal com a vitória por 1 a 0 em Curitiba. Na tribuna se imprensa, o Guilherme iniciou a transmissão do pós-jogo no canal ‘Flazoeiro’, no Youtube.

Certamente incomodado, Thiago José Lucca ‘invadiu’ a transmissão fazendo ameaças ao dono do canal ‘Flazoeiro’:  “Calma, calma. Mas essa casa tem dono. Aqui quem manda é o Athletico“, esbravejou o jornalista. Nesse ínterim, Guilherme explicou que não estava desrespeitando o Athletico e continuou o vídeo, mas foi novamente interrompido.

“Vou arrebentar esse celular se ficar fazendo essa palhaçada. Vai lá fora”, disparou Thiago.