Início Notícias “Não é um time…”; Felipão joga clubismo fora, se rende ao Flamengo...

“Não é um time…”; Felipão joga clubismo fora, se rende ao Flamengo e elege titular do CRF como ‘Nível A’


Comandante do Athletico-PR enalteceu o Mais Querido e a declaração tem repercutido bastante na web 

O Flamengo vive um momento mágico na temporada. Está nas semifinais de Libertadores e Copa do Brasil, além de ser o vice-líder no Campeonato Brasileiro. No jogo de ontem (17), não se intimidou com a Arena da Baixada lotada, fez um grande jogo e venceu por 1 x 0. Pedro foi o cara da partida – não só pelo golaço de bicicleta – mas por tudo que construiu em campo.

Não é segredo para ninguém que o centroavante flamenguista está na mira da Seleção Brasileira. O goleador tem um perfil diferente dos outros atacantes, é forte e alto, características que fazem muita gente apostar na sua convocação. Em outra ponta, a entrevista coletiva de Felipão chamou muito atenção dos rubro-negros.

O treinador do Athletico meio que se “rendeu” ao Mais Querido do Brasil quando foi perguntado do motivo do CAP ter jogado recuado, mesmo atuando em casa. A pergunta do repórter foi a seguinte: “Não era a hora de uma postura mais ofensiva do Athletico? Por que a mesma postura defensiva do jogo no Maracanã?”, questionou o comunicador.



 

Porque é o Flamengo. Não é um time comum. É um time que tem boa qualidade. A gente depois que perde ou antes, vai analisar: o Flamengo é um time comum? Não é comum”, afirmou antes de enaltecer o artilheiro Pedro como um jogador de grande qualidade.

Criamos algumas situações, mas estávamos jogando contra o Flamengo. Não é contra um time de bairro, da esquina. Flamengo tem muito boa qualidade, também dificultou nossas ações. Na minha opinião foi um jogo muito equilibrado, um jogo que a oportunidade maior surgiu, e eles têm um jogador de grande qualidade também, que é o Pedro, conseguiu fazer o gol”, acrescentou.

Fonte: Bolavip