Início Notícias ‘Meu principal objetivo é me consolidar e conquistar títulos pelo Flamengo’, diz...

‘Meu principal objetivo é me consolidar e conquistar títulos pelo Flamengo’, diz Santos

Santos-Flamengo
(Foto: Gilvan de Souza)

O Flamengo vive um grande momento na temporada, desde a chegada de Dorival Júnior, o Mais Querido voltou aos trilhos conseguindo desempenhar o futebol que torcida e imprensa estavam acostumados a ver.

Semifinalista da Libertadores, brigando por uma classificação na Copa do Brasil e vice-líder do Brasileirão. Mas durante a ‘era’ Paulo Sousa, a equipe era tida como desacreditada e colocada como a grande decepção da temporada.

Dorival conseguiu recuperar a confiança dos jogadores, e coletivamente a equipe voltou a performar o que era esperado. Com o coletivo funcionando, as individualidades sobressaem. Um jogador que chegou sem muitos holofotes, mas que tem grande importância para essa consolidação é o goleiro Santos.

O jogador chegou para resolver um problema que o Flamengo enfrentava, que era a falta de solidez nos seus goleiros. Com Dorival, Santos tem tido sequência e vem mostrando que o Mais Querido acertou muito na sua contratação.

Durante entrevista à TNT Sports, Santos falou sobre a felicidade de ter essa sequência de jogos no Flamengo. O goleiro ressaltou que o grupo está focado e crescendo no momento certo da temporada.

“Estou muito feliz por ter essa sequência de jogos no Flamengo, sabemos da dificuldade que é o nosso calendário. Feliz por ter essa sequência logo após uma lesão muito importante que eu tive, os números tem melhorado, estamos buscando sempre melhorar ainda mais o nosso trabalho. Nosso grupo vem crescendo nas competições e esperamos seguir dando continuidade, para continuar vencendo para atingir nossos objetivos”, disse Santos.

O goleiro também falou sobre os mais variados assuntos, ressaltando muito a qualidade do Flamengo, grupo de jogadores e comissão técnica:

Dorival e a solidez defensiva:

“O Dorival desde a sua chegada foi muito inteligente em detectar que a equipe precisava ser mais sólida defensivamente, nossa equipe estava sofrendo e o professor conseguiu dar o equilíbrio necessário para dar essa solidez defensiva. Em um momento de instabilidade você conseguir essa tranquilidade na parte defensiva foi fundamental, os nossos jogadores de ataque têm grande participação, porque a marcação começa lá na frente. Me sinto importante no sistema, também pela experiência que tenho e estamos fazendo um grande trabalho”

Qualidade dos times titular e alternativo:

“Nosso grupo é muito qualificado, então sabemos que independente de quem entrar vai dar conta do recado. Acredito que isso tem sido uma dor de cabeça boa para o Dorival, porque quem tem entrado está fazendo o seu melhor e dando respostas para o treinador. Eu por estar jogando todos os jogos, está sendo muito bom. Tenho conversado muito com os preparadores de goleiros sobre a carga de jogos e treinos, estamos muito atentos e estamos equilibrando isso para desempenhar o nosso melhor sempre”.

Parceria com o atacante Pedro:

“O Pedro é um centroavante que tem muita qualidade, no Brasil é o melhor no que faz. Tem essa característica, é um cara diferenciado que sabe fazer muito bem. Nos momentos que precisamos ele sempre está lá, seja fazendo os gols, seja segurando mais a bola para a equipe sair. Procuramos ele como um desafogo para segurar a bola, para a nossa equipe sair. Ele tem nos ajudado bastante, principalmente pelos gols. Sempre estamos conversando para melhorar ainda mais o entrosamento, já que sempre busco ele nas bolas longas. Busco fazer com que a bola chegue da melhor maneira possível para ele receber e dar continuidade nas jogadas”.

Dificuldades com a grave lesão:

“A lesão nos deixa muito triste, mas ela também serve para que a gente possa refletir em alguns momentos, fazer análises de onde você precisa melhorar. Esse período para mim foi importante, eu pude melhorar em algumas coisas que eu precisava. Consegui melhorar bem a minha parte física, é claro que fiquei triste por ficar de fora dos jogos, mas foi um momento que me ajudou muito para que hoje eu esteja vivendo um bom momento”.

Seleção Brasileira:

“Meu grande desafio acredito que é me consolidar mais ainda aqui no Flamengo e conquistar títulos por esse clube que é gigante, tem uma torcida muito apaixonada que a gente pode presenciar no dia a dia, através das redes sociais. A Seleção é algo que está nas minhas pretensões, mas eu tenho que pensar primeiro no Flamengo sempre, porque se eu estiver bem aqui, as chances na Seleção aumentam. Então vou me manter focado aqui e se for da vontade de Deus, voltarei a vestir a camisa da Seleção”.

Desafio de vir para o Flamengo:

“Nós atletas somos movidos por desafios, é isso que faz a gente viver e respirar. Eu tinha uma história muito bonita e bem construída no Athletico-PR, aceitei vir para o Flamengo e já imaginava que era uma experiência muito bacana que eu precisava viver. Tem sido algo incrível, tenho vivido os jogos de uma maneira muito intensa, porque a cada jogos nós conseguimos sentir a energia do nosso torcedor, sentimos a energia de poder estar no Maracanã. Esse time é muito vencedor e isso era algo que a gente via de fora e ficava encantado, estou muito feliz pela escolha que eu fiz, temos uma longa jornada pela frente e vamos com os pés no chão buscar os objetivos”.


Fonte: Diário do Fla