Início Notícias “É o nosso pensamento”; Marcos Braz quebra o silêncio e indica se...

“É o nosso pensamento”; Marcos Braz quebra o silêncio e indica se vai ou não continuar com Dorival Júnior em 2023

Essa é a segunda passagem  de Dorival Júnior no Flamengo; treinador tem contrato com o clube carioca até novembro 
 

O Flamengo ressurgiu das cinzas e está de volta à briga pelos títulos do Brasileirão, da Copa do Brasil e da Copa Libertadores. Se com Paulo Souza o time não tinha um padrão, com Dorival Júnior a história é diferente e hoje o clube voltou a ser temido pelos adversários. Tudo isso aconteceu graças as mudanças que a nova comissão técnica fez na equipe, além das atividades que o profissional fez para motivar o elenco que estava bastante cabisbaixo. Até por isso, é possível que Dorival continue na Gávea na próxima temporada.

Quando chegou ao Ninho do Urubu, Dorival Júnior assinou um contrato com duração até novembro. Mas se depender de Marcos Braz, o profissional irá estender o seu vínculo por mais tempo. Pelo menos foi o que disse o dirigente durante sua entrevista ao canal do Venê Casagrande (12). Ao ser questionado sobre o futuro do comandante, Braz sinalizou que deve oferecer um aumento no vínculo do medalhão. 

 



 

“Essa pergunta é excelente, pois ela começa sempre a aparecer quando estamos chegando perto do final do ano. O que eu posso dizer é que ninguém contrata técnico ou ninguém casa para separar. Quando você casa, casa para sempre. Ninguém contrata pensando em demitir. Nosso pensamento é continuar com o Dorival, estar com ele assim como estamos agora. É um processo natural do futebol, da vida. O Dorival, ele acreditou no projeto nosso, pois estava em outro clube. Acho que foi bom ele ter vindo para o Flamengo, foi bom para ele ter vindo para o Flamengo. A normalidade é ele continuar“, ressaltou o diretor que explicou que se contratou o comandante que estava empregado é porque o Fla confia no projeto e na qualidade do treinador. 

 

Marcos Braz indicou que deve renovar com Dorival Júnior. Foto: Alexandre Vidal

 

 

“A partir do momento que o Dorival estava empregado e aceita uma ruptura para vir ao Flamengo, acreditando no projeto, nas pessoas e no clube, é um processo natural dele também querer continuar. Acho que isso precisa ser tratado com naturalidade. Nós pensamos em continuar com ele”, concluiu Braz.

 



Essa é a 2wª vez que Dorival e Braz trabalham juntos. O diretor explicou o porque optou por rescindir com o treinador em 2018 após o vice-campeonato do Brasileirão naquela ocasião. “O Dorival é um profissional experiente, qualificado. Teve uma boa passagem pelo Flamengo aqui, nós fizemos a opção de não continuar com ele logo que o presidente Landim assumiu. É normal, do processo você chegar e querer fazer algumas rupturas, entender que é preciso algumas modificações. Agora, a gente entendeu que, até pelas duas boas passagens do Dorival, chegamos a decisão que ele estaria qualificado para tocar o projeto. “Eu, em 2012, escrevi o seguinte: ‘Pior que está não fica, o Dorival é uma boa contratação’. Lá atrás eu já elogiava a contratação dele, assim como foi em 2018 e está sendo até agora em 2022”, completou.

Fonte: Bolavip