Início Notícias “Apito escandaloso”; Caminho ‘modificado' do Flamengo de Dorival na Libertadores vira pauta

“Apito escandaloso”; Caminho ‘modificado' do Flamengo de Dorival na Libertadores vira pauta


Imprensa debate os erros de arbitragem que moldaram as chaves da Libertadores em com isso, influenciaram o caminho rubro-negro

Depois de vencer por 2 a 0 o São Paulo no Morumbi, no último sábado (6), em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo manteve  o bom momento e a ascensão na tabela de classificação. Agora, a equipe comandada por Dorival Júnior ocupa a 5ª posição, com somente um ponto a menos do que o, Athletico-PR, quarto, e dois em relação ao terceiro, o rival Fluminense.

Além disso, são apenas três pontos atrás do segundo colocado, o Corinthians, rival que eliminou na última terça-feira (9), nas quartas de final da Copa Libertadores da América. O caminho rubro-negro no campeonato continental, inclusive, foi assunto de debate na imprensa. O jornalista Vitor Guedes, em sua coluna no UOL Esporte nesta sexta-feira (12), colocou erros da arbitragem como cruciais.

Flamengo só vai pegar o Vélez Sarsfield porque o lixo do VAR, de forma intervencionista, bizarra e equivocada, chamou o juiz e não deixou o jogo ser reiniciado até conseguir anular o gol do River Plate por uma suposta mão na bola que não fica claro em nenhum momento. Um escândalo”, disse o colunista, que também criticou a arbitragem em confrontos que moldaram o caminho do Palmeiras.

Para o jornalista, o “apito escandaloso mudou o caminho do Flamengo na Libertadores” por conta de episódios como esse. Por outro lado, ele ainda reforça: “Não se questiona o mérito alviverde e rubro-negro, é preciso registrar que o caminho de ambos até Guayaquil, se confirmado, foi alterado por erros crassos, absurdos e escandalosos do apito padrão Conmebol, uma CBF tamanho continente”.





Fonte: Bolavip