Início Notícias "É um problema entre o Dínamo e a FIFA…"; Varela fala pela...

"É um problema entre o Dínamo e a FIFA…"; Varela fala pela primeira vez à imprensa sobre imbróglio na Rússia

Jogador acionou nova regra da FIFA para se apresentar ao Flamengo. Na Rússia, o uruguaio sofreu críticas

Apesar da boa fase de Rodinei, a torcida do Flamengo coloca muita expectativa no futebol de Guillermo Varela. O lateral-direito tem um currículo de respeito, com passagens por gigantes europeus como Real Madrid e Manchester United. Sem falar na Copa do Mundo disputada pela seleção celeste, na Rússia, em 2018. A experiência no país do Leste Europeu, inclusive, terminou de maneira complicada.

 



 

O jogador estava atuando pelo Dínamo de Moscou desde o ano passado. A opção por deixar o Clube veio com a nova regra da FIFA, que permite jogadores de times da Rússia e da Ucrânia suspenderem o contrato. Quando deixou o país, a mídia local falou que Varela abandonou as responsabilidades com a equipe. O uruguaio explica que essas informações isso não são verdadeiras.

“Meu último dia no clube não foi antes do jogo (contra o Torpedo) porque voltei no dia seguinte ao jogo, considerando executar meu direito de acordo com os novos regulamentos da FIFA. No dia de folga da equipe, que foi 2 dias após o jogo, fizemos um jantar de equipe e me apresentei e me despedi de todos. Eu não vou falar sobre isso porque eu tenho respeito. Posso imaginar que ver jogadores estrangeiros sair não é uma situação fácil, mas isso é um problema entre o Dínamo e a FIFA…”, explica Varela.

Flickr Oficial do time: Gilvan de Souza/Flickr Oficial Flamengo

 

 

Ao sair da Rússia, Varela assinou um contrato de empréstimo com o Flamengo. Em entrevista exclusiva ao jornalista Fábio Aleixo, o lateral explicou que a opção veio pelo respeito que ele tem ao time da Gávea, tendo ainda a regra da FIFA como fator facilitador. O jogador revela que deseja alcançar muitas conquistas com a camisa do Mengão e dar alegria para a Magnética, a Nação Rubro-Negra.



“Quando você recebe uma oferta do Flamengo, é muito difícil dizer não. Além disso, a FIFA concedeu o direito de deixar a Rússia para estrangeiros e eu já estava considerando essa opção antes que essa proposta do Flamengo chegasse até mim. O Clube (Flamengo) me motiva em geral e também estarei perto da minha família. A torcida do Flamengo é uma loucura. Eu estive no Maracanã (no jogo contra o Atlhetico-PR) pela primeira vez e você pode sentir a energia que eles transmitem de fora. Espero o que todos os torcedores do Flamengo esperam. Ganhar muitos títulos com essa camisa e pessoalmente dar o meu melhor para ajudar o time”, defende Varela.

Fonte: Bolavip