Início Notícias "Não é adequado nem para o clube"; Situação de Oscar 'vaza' e...

"Não é adequado nem para o clube"; Situação de Oscar 'vaza' e Marcos Braz traz explicações no Flamengo

Considerado um jogador que interessa bastante, o meio-campista teve as negociações atualizadas pelo dirigente do Mais Querido

O Flamengo não pensa em outra coisa a não ser o jogo diante do Corinthians, que será disputado nessa terça-feira (2), pelas quartas de final da Copa Libertadores da América, na Neo Química Arena, pelo jogo de ida. A equipe comandada por Dorival Júnior quer construir um bom resultado, justamente para jogar com mais tranquilidade na volta, no Maracanã.

 



 

O adversário está invicto jogando em seus domínios pelo Campeonato Brasileiro, mas os cariocas sabem da grande capacidade de seu elenco, especialmente com os reforços e vivendo ótima fase. Até mesmo um empate pode ser bem visto, ainda mais por saber que o estádio estará extremamente lotado no Rio de Janeiro na próxima semana, ajudando diretamente na pressão.

 

 

Fora dos gramados, obviamente acompanhando de perto a preparação para a competição continental, a diretoria não perde tempo e vai buscando resolver alguns assuntos que ainda estão pendentes, mas que são tratados como importantes nos bastidores, especialmente por se tratar de Oscar, que poderia chegar e aumentar ainda mais a qualidade das peças disponíveis.

 

Foto: Wagner Meier/AGIF - Braz descartou um acerto já confirmado por Oscar.
Foto: Wagner Meier/AGIF – Braz descartou um acerto já confirmado por Oscar.

 

Porém, sobre o meio-campista, Marcos Braz explicou o posicionamento, sem esconder nada do torcedor: “O Oscar foi liberado para passar esses últimos 5 a 6 meses para ficar perto da família e acompanhar uma situação pessoal. Ele não foi liberado para atuar em nenhum clube. Um jogador de 30 anos, de alto rendimento, ficar parado por todo esse tempo todo, não é adequado nem para o clube, nem para o jogador. É nesse sentido que a gente tenta o poder de convencimento, que a gente possa contribuir”, disse, em entrevista ao SBT, completando:

 



 

“A gente deixa as portas do Flamengo aberta. Se ele quiser treinar, estar perto da gente, será um prazer. Mas ainda não tem nada. Infelizmente, o Oscar ainda não é nosso jogador”, finalizou. Não restam dúvida que o acordo está cada vez mais perto do final feliz, tanto que o brasileiro é esperado para iniciar treinos no Flamengo ainda nesta semana, porém, a situação é tratada com cautela pela diretoria.

Fonte: Bolavip