Início Notícias "Esse trabalho eu não vejo ainda no…"; Zinho 'dá o papo' e...

"Esse trabalho eu não vejo ainda no…"; Zinho 'dá o papo' e compara campanhas de Dorival e VP na temporada

Flamengo e Corinthians se enfrentam nesta terça-feira pela Libertadores

O Flamengo enfrenta o Corinthians pelo jogo de ida das quartas da Libertadores nesta terça-feira (2). Em jogo a ser realizado em São Paulo, na Neo Química Arena, o torneio continental tem duas equipes que vem se destacando no futebol brasileiro. Enquanto que o Rubro-Negro voltou a boa fase no último mês, sob o comando de Dorival Júnior, o Timão segue a perseguição pelo líder Palmeiras na Série A.

 



Apesar do Alvinegro brigar pela parte de cima do Brasileiro desde o início do ano, para o comentarista e ex-jogador Zinho é o Flamengo que vem convencendo. Em preparação para o jogo de hoje, o antigo craque carioca opinou que Dorival Júnior vem efetuando um trabalho mais completo, que trouxe identidade ao elenco da equipe da Gávea. O comunicador lembra das ausências por lesão no lado paulista, mas ressalta que nem sempre foi assim.

“Eu discordo dos meus companheiros. Eu acho que o (trabalho) do Dorival é melhor, porque eu reconheço… o resultado que obtém o Vítor Pereira, mas o trabalho de um time jogar bem é o treinador que tem que fazer. Assim, eu ouço todos os comentários: ‘ah, o Corinthians tem resultado’, mas não tem rendimento. ‘Ah, mas Zinho, ele não tem todos os jogadores’, mas quando teve, o time também não jogou bem. O Renato Augusto não tá fora a temporada toda, ele está jogando com o Vítor Pereira há bastante tempo. Aí machucou. O Paulinho jogou também, o Willian jogou também…”, defende Zinho.

Agif/Thiago Ribeiro – Zinho diz preferir trabalho de Dorival Júnior no Flamengo

O tetracampeão com a Seleção, na Copa de 94, argumentou que Dorival encontrou um time esfacelado no início do trabalho. Zinho lembrou que a transição entre Paulo Sousa e o atual comandante do bonde do Mengão não foi tão fácil. O grau de dificuldade encontrado por Dorival Júnior faz ele pesar valorizar mais a campanha do técnico do bicampeão da Libertadores.



“Todos os jogadores que estão fora, tiveram chance de jogar com o Vítor Pereira e o Corinthians nunca teve aquele rendimento de encher nossos olhos. O resultado é espetacular, mas esse trabalho de fazer um time com padrão de jogo, de ter uma forma de jogar, de ter um equilíbrio, eu não vejo ainda no Corinthians. É o Corinthians, é a camisa do Corinthians, é a torcida e a forma de jogar pelos resultados que vai fazendo o Clube estar em frente a todas as competições. Mas quem pegou um time esculhambado, pelo outro português, o Paulo Sousa, foi o Dorival”, argumenta Zinho.

Fonte: Bolavip