Início Notícias Entenda por que o Flamengo ainda precisa vender jogadores mesmo com dívida...

Entenda por que o Flamengo ainda precisa vender jogadores mesmo com dívida baixa e renda alta

Entenda por que o Flamengo ainda precisa vender jogadores mesmo com dívida baixa e renda alta
Foto: Reprodução

O Flamengo, de acordo com o ‘UOL’, ainda precisa manter a venda de jogadores ativa mesmo com dívida baixa e renda alta. No balanço de 2022 até aqui, a receita do clube cresceu e a dívida se manteve saudável. Ainda sim, segundo o portal, o clube se vê na necessidade de negociar atletas.

A receita do Fla aumentou em relação ao ano passado por conta de novos contratos e a volta do público ao estádio. Por outro lado. A compra de jogadores e os custos nos jogos com torcida foram incluídos. O déficit neste semestre fechou em 20 milhões de reais, o que estava previsto no planejamento da equipe. Portanto, com tantos números positivos, por que o time ainda precisa vender jogadores?

De acordo com o ‘UOL’, há uma diferença entre os valores de pagar e a receber de transferências, uma vez que as vendas são parceladas. O clube tem 99,3 milhões de receita por jogador, enquanto deve pagar 172 milhões. Confira abaixo o que diz o balanço do clube:

”Tal amplitude de valores indica que é necessário manter o ciclo de vendas ativo, aproveitando as oportunidades do mercado, dado que existem ainda valores de compras de jogadores a liquidar em 2022 e 2023. E que preferencialmente precisam ser adimplimos com recursos das operações do clube, especialmente num momento em que os financiamentos se tornaram mais caros no mercado em função das crises nacionais e internacional que vêm impactando a todos”, diz o balanço.

A diferença, inclusive, já aumentou nos últimos dias com as contratações recentes. O Mais Querido, com isso, precisa compensar com vendas que reduzam a difere do que se tem para receber e o que se tem para pagar.


Fonte: Diário do Fla