Início Notícias “Não era lateral”, diz Marinho sobre atuações com Paulo Sousa

“Não era lateral”, diz Marinho sobre atuações com Paulo Sousa

Marinho e João Gomes no Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

COLUNA DO FLA: Titular mais uma vez com o treinador Dorival Júnior, o atacante Marinho marcou um dos gols da goleada do Flamengo contra o Atlético-GO, por 4 a 1, em partida da 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, no sábado (30). Com a atual comissão técnica, o camisa 31 sempre atuou na posição favorita: aberto pela direita. Coroado com o tento, o jogador exaltou o bom momento vivido pelo Rubro-Negro e relembrou das ‘improvisações’ nos tempos de Paulo Sousa.

— Eu tive oportunidade com Paulo Sousa, mas numa posição que eu não queria jogar. Mas eu sempre coloquei o Flamengo e a equipe à frente do meu eu. Não era lateral, mas eu entrava e tentava fazer o meu melhor. Às vezes as coisas não aconteciam, mas o Paulo Sousa sempre me respeitou, e eu sempre o respeitei. Mudou o treinador, mudou a forma de jogar, o Dorival deu confiança a mim e todo grupo. Tem dado resultado e espero que a gente possa crescer, comentou Marinho, na zona mista, após o jogo contra o Atlético-GO.

O gol de Marinho contra o Atlético-GO foi o terceiro do atacante na temporada, sendo o segundo sob o comando de Dorival Júnior (o outro foi diante o América-MG), em pouco mais de um mês do técnico à frente do Fla. Na época de Paulo Sousa, o atacante marcou apenas um tento em cinco meses. O crescimento do camisa 31 e da equipe foram destacados novamente pelo jogador.

— Acho que ficou muito claro. Cada treinador tem a sua forma de trabalhar, a gente não vinha vivendo um momento bom, era de desconfiança dos torcedores. É normal, jogamos em um gigante. Os resultados não estavam vindo e é normal a cobrança. O Dorival chegou e conseguiu unir mais e mostrar que confiava na gente. Todos os jogadores têm crescido e aproveitado a oportunidade, mostrando que o Flamengo é grande e vários jogadores têm chegado para voarmos cada vez mais. Na hora que o Dorival olha para o banco tem vários jogadores de qualidade para crescer — acrescentou o dono do ‘mini míssil’.

Marinho fez parte da equipe alternativa escalada por Dorival Júnior no sábado (30). Portanto, com a volta dos titulares, o atacante deve retornar ao banco de reservas na próxima terça-feira (2), quando o Flamengo começa a decidir uma vaga nas semifinais da Copa Libertadores da América, contra o Corinthians. A primeira parte do duelo acontece na Neo Química Arena, em São Paulo, a partir das 21h30 (horário de Brasília). Já a volta será no Maracanã, no dia 9 de agosto, no mesmo horário. As duas partidas terão transmissão do SBT.