Início Notícias Flamengo desiste da contratação do volante Walace

Flamengo desiste da contratação do volante Walace

Volante Walace, da Udinese – Foto: Divulgação

COLUNA DO FLA: Com a vinda de Erick Pulgar para o Flamengo, o clube desistiu de Walace, da Udinese (ITA). O jogador tinha bases salariais acertadas com o Rubro-Negro, porém, o clube italiano não entrou em acordo com o Mais Querido. Apesar da vontade do volante em vestir o Manto Sagrado, o atleta seguirá em Udine para a temporada 2022/2023, que tem início em agosto.

A diretoria do Flamengo ‘esticou a corda’ com a proposta de 6 milhões de euros (R$ 33 milhões na cotação atual), mas a Udinese desejava pelo menos 10 milhões de euros (R$ 55 milhões). Com a dificuldade para chegar ao acordo com o ex-time de Zico, o Mais Querido tratou como prioridade outro jogador, Pulgar, e conseguiu a contratação, por 3 milhões de euros (R$ 16 milhões de reais). A informação da desistência do Mengo por Walace foi dada pelo jornalista Venê Casagrande.

O Mais Querido tentou diversas alternativas para contratar Walace: tentou comprar os 100% dos direitos do atleta, depois reduziu para 80%, sugeriu empréstimo e até cogitou inserir um jogador do elenco na negociação. Mas os italianos foram firmes na postura e não flexibilizaram, pois consideram o volante um jogador essencial para o futuro do clube. O brasileiro, no ano passado, jogou 36 das 38 rodadas da equipe na Série A do país, só não entrou em campo em duas partidas por suspensão.

Com Pulgar e sem Walace, o Flamengo vai para o restante da temporada com quatro volantes de origem: Thiago Maia, João Gomes, Arturo Vidal e o já citado vindo da Fiorentina. O novo reforço, no entanto, está fora da Copa do Brasil, pois o prazo de inscrições se encerrou no dia 26 de julho. Porém, o jogador de 28 anos estará apto para jogar no Campeonato Brasileiro e também na Libertadores. Mas é bom ressaltar que o Rubro-Negro só pode inscrever três dos quatro reforços contratados para as quartas de final da competição continental. Um vai ficar de fora entre Guillermo Varela, os dois chilenos e Everton Cebolinha.