Início Notícias Mauro detona postura do Athletico contra o Fla: “Acovardado”

Mauro detona postura do Athletico contra o Fla: “Acovardado”

Everton Ribeiro em Flamengo x Athletico-PR – Foto: Marcelo Cortes

TORCEDORES: Por Paulo Foles

O Flamengo pressionou e teve muitas chances de vencer, mas ficou apenas no empate sem gols com o Athletico Paranaense, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (27), no Maracanã. O resultado deixa tudo em aberto para a volta em Curitiba daqui três semanas.

O jornalista Mauro Cezar Pereira analisou a partida e detonou Felipão e Athletico pelo desempenho em campo. A equipe paranaense se defendeu por grande parte do duelo e teve poucos chutes ao gol de Santos.

“Nada esconde, nada ofusca o futebol acovardado do time paranaense”, começou dizendo Mauro Cezar. “Estamos em 2022 e ainda convivemos com o antijogo, a negação à bola, ao ataque. Trabalho autoral de Luiz Felipe Scolari. E nada de especial foi visto no Rio de Janeiro”, disparou o jornalista.

Mauro Cezar ainda diz que o Athletico não conseguiu defender bem, pois concedeu muitas chances claras de gols ao Flamengo. Gabigol, Pedro e Arrascaeta finalizaram diversas vezes, inclusive com lances na trave ou com a bola quase em cima da linha.

“Se tivesse se defendido bem, o Athletico não concederia tantas oportunidades ao Flamengo. Foram várias, sendo amplamente dominado na maior parte do confronto. E a derrota não se configurou por meros detalhes. Também pela incompetência crônica nas finalizações que vem caracterizando o time carioca há anos. E com diferentes treinadores”, analisou ele. “Zero arremate na direção da meta adversária. Zero. Pouco tempo com a bola e contra-ataque inexistente em quase toda a peleja, exceto por alguns lances no fim, com o adversário mais desorganizado”, comentou Mauro Cezar.

O jogo de volta entre Athletico e Flamengo será no dia 17 de agosto, às 21h30 (de Brasília), na Arena da Baixada. O critério de gol fora de casa não existe mais. Portanto, a conta é simples: qualquer empate a decisão vai para os pênaltis. Quem avançar enfrenta o vencedor entre São Paulo e América-MG na semifinal.