Início Notícias Vitinho recusa propostas e deixará Flamengo de graça

Vitinho recusa propostas e deixará Flamengo de graça

Vitinho, jogador do Flamengo – Foto: Alexandre Vidal

COLUNA DO FLA: A diretoria do Flamengo trabalha para buscar novos reforços e também para resolver as pendências de quem ainda está no elenco atual, como é o caso de Vitinho. Em reunião recente, o Rubro-Negro e o estafe do meia atacante chegaram a um acordo de que a renovação de contrato não aconteceria. Já podendo assinar com qualquer outro clube, o jogador, no entanto, prefere ficar no Mais Querido até dezembro, mês que o vínculo se encerra com o Fla.

De acordo com informações do jornalista Mauro Cezar Pereira, Vitinho não aceitou nenhuma proposta que chegou na mesa do estafe do atleta. A preferência do jogador de 28 anos em seguir no Flamengo tem a ver com uma remota possibilidade de renovar contrato ao final de temporada.

Em 2022, Vitinho já fez 20 partidas pelo Mais Querido, mas não consegue se firmar entre os titulares ou até mesmo como uma espécie de 12º jogador, como era em 2019, com Jorge Jesus. Nos 823 minutos que esteve em campo, o camisa 11 ainda não balançou as redes na temporada, mas deu quatro assistências. Com a saída do português Paulo Sousa, havia uma expectativa sobre qual seria o rendimento do atleta com Dorival Júnior, o comandante sucessor. Mesmo com a troca de treinadores, o meia atacante não conseguiu se destacar.

Dos 13 jogos com Dorival, Vitinho entrou em campo em seis, três como titular. O atleta, vale lembrar, é alvo de críticas por partes da torcida do Flamengo. No jogo contra o Juventude, inclusive, pelo Brasileirão, o camisa 11 foi acionado no segundo tempo e recebeu vaias e também apoio de alguns flamenguistas que estiveram presentes no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

À disposição do treinador, Vitinho está junto ao elenco com foco no próximo compromisso do Flamengo: duelo com Athletico-PR, às 21h30 (horário de Brasília) da quarta-feira (27). A partida é válida pela ida das quartas de final da Copa do Brasil.