Início Notícias Dorival cita ‘coração’ para explicar sim ao Flamengo

Dorival cita ‘coração’ para explicar sim ao Flamengo

Dorival Jr, técnico do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

ESPN: Dorival Junior pegou a torcida e a diretoria de surpresa ao anunciar que deixaria o Ceará após pouco mais de dois meses à frente da equipe, aceitando um convite para treinar o Flamengo. Mesmo sendo contrário à posição de quebrar contratos, o treinador admitiu que a decisão de partir para o Rio de Janeiro aconteceu após ‘ouvir o coração’.

“Nunca quebrei um contrato, sempre defendi uma outra posição. Não indico fazer isso com nenhum profissional, não faria isso. Mas acabei tomando essa decisão pelo meu coração. Foi a primeira vez que quebrei um contrato”, disse o treinador em entrevista ao SBT. “Não sei se teria outra oportunidade no Flamengo, e algo me dizia que eu tinha que vir para cá. Foi isso o que falou meu coração nesse momento”, afirmou Dorival, que comandou o time carioca em 13 partidas até agora, com nove vitórias e quatro derrotas.

Ao aceitar o desafio de assumir o Flamengo em meio a toda a pressão criada após a demissão de Paulo Sousa, o treinador assinou um contrato válido apenas até o fim da temporada 2022. Brigando por títulos no Campeonato Brasileiro, na Copa do Brasil e na Conmebol Libertadores, Dorival revelou que não pensa neste momento em uma negociação para ampliar o vínculo.

“Nunca me passou pela cabeça questioná-los nesse sentido. Não tem nem cabimento. Tenho um contrato e vou respeitá-lo até o final do ano. Agora, sempre falo isso: no futebol, o céu e o inferno têm um palmo só de distância. Em um clube da proporção do Flamengo isso é ainda maior. Temos que ter meus pés no chão e tranquilidade”.

O Flamengo voltará a campo nesta quarta-feira, diante do Athletico-PR, pelas quartas de final da Copa do Brasil. As equipes se enfrentam no Maracanã, com bola rolando a partir de 21h30 (de Brasília).