Início Notícias Bolsonaro autoriza Caixa a ceder terreno para estádio do Fla

Bolsonaro autoriza Caixa a ceder terreno para estádio do Fla

Projeto de estádio – Foto: Divulgação

COLUNA DO FLA: O Flamengo segue determinado na construção de um estádio próprio e, ao que parece, está cada vez mais próximo do início da realização das obras. Durante o Fórum Global de Agribusiness, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, detalhou as negociações e garantiu que irá atender o Mengo.

— A negociação do terreno da Caixa, que é o Gasômetro do Rio, para o Flamengo, que quer construir seu estádio de futebol. Tratamos sobre o assunto. Adiantei, liguei para o comando do Exército Brasileiro, que vizinha o Gasômetro e o quartel do Exército. Se for o caso, entra no pacote. Vamos atender o Flamengo. O estudo de viabilidade está bastante avançado, o nosso do Exército começa agora. Sem intermediários. Se aparecer um prefeito falando qualquer negócio, está mentindo, disse o Presidente. Assista no vídeo abaixo:

O Gasômetro fica localizado na região central do Rio de Janeiro e se tornou o principal alvo do Flamengo. O terreno foi ‘priorizado’ após o clube encontrar dificuldades com os projetos para o Parque Olímpico e antigo Terra Encantada. Conforme citado pelo próprio Presidente do Brasil, o responsável pelo local é a Caixa Econômica Federal, e agora, o Fla inicia negociações com a instituição para viabilizar a construção do estádio.

O sonho do estádio próprio foi potencializado após o Flamengo precisar lidar com brigas judiciais pela concessão do Maracanã, que sempre foi a prioridade do clube. No entanto, as dificuldades na administração do Mário Filho reacenderam o desejo – e as negociações – por uma arena exclusiva.

O projeto do estádio próprio do Flamengo será inspirado na Arena Internacional do Borussia Dortmund (ALE). Dessa forma, o Fla planeja uma construção com características mais verticais, ocupando um espaço de 86 mil m², e que consiga comportar o maior número de rubro-negros possível. A estimativa é que o local tenha capacidade para pelo menos 70 mil pessoas, mas o desejo é chegar aos 80 mil e superar o Maracanã.