Início Notícias Conheça Lucas Bauru, o ‘Arrascaeta da Base’ do Flamengo

Conheça Lucas Bauru, o ‘Arrascaeta da Base’ do Flamengo

Lucas Bauru, do Flamengo – Foto: Divulgação

COLUNA DO VENÊ: Em seu segundo ano no Sub-20 do Flamengo, o volante Lucas Bauru, de 18 anos, tem um futuro promissor pela frente. Criado na várzea de Bauru, daí o apelido, o volante demonstra talento precoce. O garoto, que tem alta multa rescisória, pulou etapas na base, está na mira de times de elite do futebol brasileiro desde os nove anos de idade.

Lucas é um volante moderno, de características ‘box to box’ que defende bem, articula o jogo e sabe pisar na área. Também tem a seu favor uma característica rara no futebol: é ambidestro. Isso porque desde pequeno seu pai colocava ele e seu irmão, Arthur Barbosa, lateral-direito de 16 anos que joga no Sub-17 e Sub-20 do Novorizontino, para treinar chutes e passes com as duas pernas.

O interesse pelo futebol veio de seu pai que jogava bola em clubes de várzea em Bauru e levava Lucas e seu irmão como companhia. Para passar o tempo, os garotos ficavam batendo bola até que essa distração virou um hábito e ambos começaram a treinar na escolinha.



Lucas chamou atenção do São Paulo quando tinha apenas nove anos, em 2012. O garoto começou a participar de um monitoramento pelo clube, em que ia trimestralmente ao CT de Cotia para realizar testes.

Em 2014, quando tinha 11 anos, seu pai o inscreveu para uma peneira na Portuguesa e após três testes ele entrou para o time. Na Lusa, disputou o Campeonato Paulista Sub-11.

Em 2015, Lucas Bauru foi integrado ao grupo de base do tricolor e, em 2016, quando fez 13 anos, idade mínima para morar em alojamento, foi chamado em definitivo pelo São Paulo para morar nas instalações de Cotia.

Quando estava no Sub-16 do tricolor, jogou alguns jogos pelo Sub-17 e foi bicampeão Paulista Sub-17. Em seu ano de Sub-17, jogou uma partida pelo Brasileiro contra o Fluminense, venceu por quatro a três e fez dois gols.

No final de 2020, após oito anos no São Paulo, Lucas se transferiu para o Flamengo, com contrato profissional assinado. Mesmo com apenas 17 anos, a joia já foi direto para o time Sub-20 e se adaptou muito bem apesar das diferenças de intensidade e força da categoria Sub-17.

Em pouco tempo no rubro-negro, o volante ganhou o apelido de ‘Arrascaeta da base’ por ter estilo de jogo semelhante ao da estrela uruguaia do time principal. No início da temporada de 2021, Rogério Ceni, que havia chegado ao Flamengo há pouco tempo, já estava de olho nele porque alguns de seus auxiliares foram técnicos do Lucas em outros lugares.

O momento mais difícil da carreira de Lucas foi quando rompeu os ligamentos do joelho esquerdo ainda no primeiro semestre de 2021 e o tirou o garoto do restante da temporada. Para piorar, ele havia sido inscrito pelo Rogério Ceni na lista do Flamengo para a Libertadores e estava cotado para começar a treinar com os profissionais.

“Foi um baque tremendo, porque na época eu estava muito bem, era o camisa dez do Sub-20 e tinha acabado de assinar contrato com a Adidas. Também tinha a questão da Libertadores, que eu estava muito animado porque seria uma baita experiência para mim, mas acabei me lesionando na mesma semana que saiu a lista de inscritos”, explica Lucas Bauru.

Peça importante para a equipe Sub-20 do Flamengo, Lucas acertou a renovação de contrato com a diretoria do clube enquanto estava lesionado. O acordo prevê multa rescisória de R$ 275 milhões e é válido até dezembro de 2023. As tratativas foram
feitas pela família do jogador, sem intermédio de um empresário.

Recuperado da lesão e de volta ao time Sub-20 do Flamengo em 2022, o menino que tem como ídolos as lendas Xavi e Iniesta busca ajudar a equipe a conquistar os principais títulos disputados pelo time da Gávea, que disputa o Campeonato Carioca e o Brasileirão da categoria.