Início Notícias ‘Repetição, integração e dedicação’: Flamengo alcança solidez defensiva e completa três jogos...

‘Repetição, integração e dedicação’: Flamengo alcança solidez defensiva e completa três jogos sem ser vazado

Para além dos três pontos, do bom momento de Pedro e da estreia de Cebolinha, a goleada de 4 a 0 sobre o Juventude teve outro ponto positivo para o Flamengo. A equipe comandada por Dorival Júnior apresentou outra boa atuação defensiva e completou o terceiro jogo seguido sem ser vazado.

Flamengo não sofre gols há três jogos (Foto: Edu Andrade/Lancepress!)

+ ATUAÇÕES: confira as notas do time do Flamengo na goleada

Antes do duelo desta quarta-feira, no Mané Garrincha, o clube carioca já havia passado zerado contra o Atlético-MG, na Copa do Brasil, e contra o Coritiba, pelo Brasileirão. Ambos os jogos terminaram com vitória rubro-negra de 2 a 0. O último gol sofrido pelo Fla foi o gol contra de Rodinei na derrota para o Corinthians.

Esta é apenas a segunda vez na temporada em que o Flamengo consegue completar uma sequência de três jogos sem sofrer gols. A primeira havia sido em março, no Campeonato Carioca, ainda sob comando de Paulo Sousa. Na época, o time goleou o Bangu por 6 a 0 e venceu o Vasco, duas vezes, pelo placar de 1 a 0.

REPETIÇÃO, INTEGRAÇÃO E DEDICAÇÃO

A evolução defensiva do Flamengo tem explicação e é fruto de um conjunto de fatores. Um deles, obviamente, é a boa fase vivida pelos nomes do setor, como Santos, Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luís. Até mesmo os atletas reservas, que receberam oportunidade contra o Coritiba no sábado, mantiveram a solidez na parte de trás.

Outro fator é a integração do sistema defensivo com os jogadores do meio-campo e do ataque. A pressão após a perda de posse de bola está cada vez mais eficiente e facilita o trabalho da defesa contra os ataques adversários. O tema foi, inclusive, tratado por Dorival Júnior na coletiva de imprensa após a goleada sobre o Juventude.

Flamengo x Juventude

Dorival em Flamengo x Juventude (Foto: Edu Andrade/Lancepress!)

– Mais uma vez eu falo que é a repetição do trabalho, a integração que existe, preocupação de corrigir posicionamentos, a dedicação dos jogadores a todo momento… Temos feito vários trabalhos direcionados apenas para a última linha e isso tem nos dado um ganho muito grande – disse o treinador, antes de completar:

– O mais importante é que a equipe tem participado como um todo. A nossa retomada na grande maioria acontece no campo ofensivo, o que vai filtrando as jogadas. E quando chega para a nossa última linha já chega mais mascada. Esse combate dos atacantes, ataque ao homem da posse de bola, isso tem contribuído consideravelmente para uma melhora da nossa equipe. Já são algumas partidas sem sofrer gol, o que é importante.

+ Confira a tabela completa do Brasileirão e simule os resultados

EM BUSCA DE MARCA INÉDITA

O Flamengo agora se prepara para mais um confronto no Campeonato Brasileiro. No domingo, às 11h (de Brasília), o clube encara o Avaí, na Ressacada. Caso não seja vazado novamente, o Rubro-Negro completará quatro jogos sem sofrer gols, algo inédito na atual temporada.

* em colaboração para o LANCE!

Publicado em Lancenet