Início Notícias "Foi a 2ª opção"; Flamengo topa negociar zagueiro por R$ 16,6 milhões...

"Foi a 2ª opção"; Flamengo topa negociar zagueiro por R$ 16,6 milhões após Jorge Jesus 'excluir' Nino

Depois de fazer contato junto ao Fluminense, o técnico assustou com os valores e agora foca em negociar junto ao Rubro-Negro

Não restam dúvidas que as investidas do Flamengo nessa janela de transferências foram muito positivas, mesmo que as contratações sejam focadas apenas em reposições ao elenco. Em decorrência da grave lesão de Bruno Henrique, além da saída de Willian Arão, a diretoria não esperou para ir no mercado em busca de novidades.

 



 

Para ambas as posições, os substitutos foram contratados, mas ainda pode chegar mais gente, visando agregar qualidade ao elenco. Neste momento, quem mais se aproxima de um acordo é Walace, da Udinese, mas ainda restam alguns detalhes a serem resolvidos com os italianos, justamente para que o acordo possa ser confirmado.

 

 

Se por um lado mais nomes são especulados na Gávea, outros podem sair. No Fenerbahçe, após levar Arão, Jorge Jesus segue atento ao mercado brasileiro e quer levar algumas peças daqui para a Turquia, já que considera o elenco necessitando de reforços. A prioridade do português, neste momento, é a chegada de um zagueiro, que tenha qualidade e confiança.

 

 Foto: Thiago Ribeiro/AGIF - Gustavo Henrique é desejado pelo Fenerbahçe.
Foto: Thiago Ribeiro/AGIF – Gustavo Henrique é desejado pelo Fenerbahçe.

 

A 1ª opção foi consultar o Fluminense por Nino,  mas ao achar o defensor do rival caro, a diretoria do time de Istambul perguntou por quanto o Flamengo aceitaria vender Gustavo Henrique, que foi a 2ª opção. Sabendo que conta com seis zagueiros no plantel (Rodrigo Caio, David Luiz, Fabrício Bruno, Léo Pereira, Gustavo Henrique e Pablo), a diretoria flamenguista não se opõe a negociar, mas os valores têm que ser convincentes. 

 



 

Segundo informações publicadas inicialmente pelo Globo Esporte, a situação atual envolvendo essa negociação é a seguinte: os dirigentes rubro-negros aguardam uma movimentação formal e oficial dos turcos, mas nos bastidores, estão inclinados a aceitar conversar a partir de 3 milhões de euros (cerca de R$ 16,6 milhões na cotação atual).

Publicado em Bolavip