Início Notícias “A hora de o Flamengo fazer o estádio é essa”, diz jornalista

“A hora de o Flamengo fazer o estádio é essa”, diz jornalista

Projeto de estádio – Foto: Reprodução

TORCEDORES: Por Bruno Romão

Como a possível construção do estádio próprio do Flamengo voltou a ser pauta recentemente, Renato Maurício Prado trouxe detalhes sobre a situação. Levando em conta a condição financeira favorável do Rubro-Negro, o jornalista acredita que o momento é propício para o projeto ganhar forma. Porém, inicialmente, a diretoria precisará bater o martelo sobre o local da obra, algo que vem gerando uma série de rumores.

Por conta do número de torcedores do Flamengo, RMP destacou que o possível estádio do Flamengo precisa contar com uma capacidade de 80 mil pessoas. Consultando uma fonte, o jornalista relatou que a construção pode começar com metade da projeção, mas o local poderia ter uma expansão com o passar dos anos.

“Eu acho fundamental. Não pode mais ficar adiando a possibilidade de estádio. Nunca o Flamengo esteve em uma situação financeira tão boa e com tanta possibilidade de contatos no mundo empresarial como agora. A hora de fazer o estádio é essa. Se vai ser no Parque Olímpico, em Deodoro, no Gasômetro, que é o lugar predileto do Landim, eu não sei, mas está na hora. E digo mais: eu faria para 80 mil (pessoas). Eu faria para 80 mil, não faria para 40 mil”, disse em seu canal no YouTube.

“Já estive conversando com uma pessoa que me disse o seguinte: ‘Renato, dá para fazer para 40 (mil), mas de uma forma que vai aumentando ele’. Corinthians fez ao contrário, grande para a Copa do Mundo e depois diminuiu. Tem que ter essa cabeça. Estádio do Flamengo para 40 mil, eu acho pequeno. Flamengo tem que pensar grande e pensar em resolver nesse ano o estádio (…) Eu gostaria de ver o Flamengo com estádio no Gasômetro, mas eu quero ver em qualquer lugar. Se for em Deodoro, eu topo também”, completou.

Flamengo adota calma sobre construção de estádio
Mesmo com as polêmicas envolvendo a gestão, Rodolfo Landim indicou que o Flamengo não irá abandonar o Maracanã. Dessa forma, mesmo com sua própria casa, o clube pode seguir atuando no estádio em que atua nos seus jogos como mandante.

“A gente vai aguardar o edital que o Governo vai colocar. Vamos analisar e é claro que a gente já comentou várias vezes que temos o interesse de pegar o Maracanã. Mas a gente também analisa outras alternativas, não podemos ficar parados, já que não sabemos o que vem e como vem. Precisamos buscar alternativas para o Flamengo, que é um trabalho que fazemos continuamente. Acho que o Maracanã é um grande estádio para grande jogos, mas o Flamengo pode ter também um paralelo com um outro estádio. O Maracanã é um lugar onde o Flamengo adora jogar, a logística é muito boa para os nossos torcedores, mas temos que buscar outras possibilidades porque a gente não sabe o que vem pela frente. Temos que aguardar e ver o que vai vir pelo nosso Governo e as condições para continuar jogando no Maracanã“, relatou o presidente do Flamengo ao canal Gustavo Henrique Dando Choque.