Início Notícias “Tecnicamente, a América é melhor que a Europa”, diz Vidal

“Tecnicamente, a América é melhor que a Europa”, diz Vidal

Arturo Vidal em entrevista coletiva no Flamengo – Foto: Marcelo Cortes

COLUNA DO FLA: Arturo Vidal roubou a cena no CT do Ninho do Urubu, na tarde desta segunda-feira (18). O segundo reforço do Flamengo na janela de transferências do meio do ano, foi apresentado oficialmente como atleta Rubro-Negro e concedeu a primeira entrevista coletiva. No primeiro contato com a imprensa, o volante chileno avaliou o nível do futebol praticado na América do Sul e comentou sobre o que espera da arbitragem brasileira.

— O futebol europeu é mais físico, mas vou saber melhor quando eu entrar em campo. Mas aqui a intensidade é alta. Tecnicamente, a América é muito melhor que a Europa. Claramente a minha forma de jogar é no limite. O árbitro fará seu trabalho, espero que não tenha nenhum problema — declarou Vidal, na entrevista coletiva.

O meio campista também destacou seu desejo por conquistar títulos defendendo o time carioca

— Não é que eu falei muito ao chegar, mas eu tinha na minha cabeça que viria para o Flamengo. Eu quero continuar a ganhar e o lugar para ganhar coisas importantes é aqui. Com jogadores de muita qualidade é mais fácil. Quando você está no melhor, tudo flui mais rápido — garantiu Vidal.

Vale destacar que Arturo Vidal chega para realizar o desejo que tinha há bastante tempo. Seja em declarações ou em postagens nas redes sociais, o volante chileno sempre fez questão de deixar claro que tinha um desejo muito especial em atuar pelo Mais Querido. O contrato do atleta com o Rubro-Negro terá duração de 18 meses, com vencimentos de R$ 1,1 milhão por mês. Com isso, o jogador deverá receber do Flamengo R$ 20 milhões de reais (cerca de 3,6 milhões de euros) por toda duração do vínculo.

Arturo Vidal, inclusive, já está liberado para fazer sua estreia do Flamengo. Isso porque, a janela de transferências foi aberta e, na manhã desta segunda-feira (18), o nome do volante chileno foi registrado no BID. Agora, cabe ao treinador Dorival Júnior saber o melhor momento para que o atleta figure entre os 11 iniciais da equipe rubro-negra.