Início Notícias Sobrevivente de acidente da Chape visita CT do Flamengo

Sobrevivente de acidente da Chape visita CT do Flamengo

Ex-zagueiro Neto, sobrevivente de acidente da Chapecoense, no CT do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

COLUNA DO FLA: Na última sexta-feira (15), o Flamengo recebeu uma visita especial no CT Ninho do Urubu. O ex-zagueiro Neto, sobrevivente do acidente aéreo envolvendo o voo da Chapecoense, em 2016, conheceu as instalações do clube e os jogadores do elenco rubro-negro durante a preparação para o duelo de sábado (16), contra o Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro. Além disso, o ex-atleta, que é torcedor do Fla, também rasgou elogios à estrutura do Mais Querido e disse estar feliz com o atual momento do Mengo.

— A estrutura dispensa comentários. Eu estava conversando com meu advogado, o Marcel, e a gente percebe que a grandeza de um clube não está só na marca, né. O Flamengo não é só a marca Flamengo, hoje a estrutura é fenomenal — disse o ex-zagueiro em entrevista à FlaTV. Assista ao vídeo:

Neto foi recebido no centro de treinamento pelos jogadores Everton Ribeiro e Filipe Luís, e destacou que a dupla “faz o Flamengo cada vez maior”. Para o ex-zagueiro, que também atuou como diretor de futebol na Chapecoense, não basta somente estrutura de ponta para ser vitorioso, é preciso ter atletas de qualidade já que, segundo ele, “resolvem dentro de campo”.

Ex-zagueiro Neto, sobrevivente de acidente da Chapecoense, no CT do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

O ex-defensor ressaltou que o conjunto do Flamengo está fazendo com que o clube “continue a ser grande e cada vez maior”. Rubro-negro de coração e de família flamenguista, o carioca Neto também relembrou os tempos de torcedor, em que ia para o Maracanã ver o Mais Querido jogar antes de se tornar atleta profissional.

— Eu, como sempre fui flamenguista, nascido e criado na Pavuna, fui muitas vezes no Maracanã ver o Flamengo em situações difíceis. Agora, vendo o Flamengo na situação que está hoje é feliz. Estou muito feliz. Minha família está muito feliz, que é rubro-negra. Espero que continue assim — concluiu o ex-jogador da Chapecoense.