Início Notícias Pedro releva “frustração” com diretoria do Flamengo; entenda

Pedro releva “frustração” com diretoria do Flamengo; entenda

Crédito: Gilvan de Souza/Flamengo

O centroavante do Flamengo, Pedro, vive um dos seus melhores momentos na carreira, no entanto, teve um momento de mágoa com a diretoria do clube carioca e ele revelou os motivos em entrevista ao GE.

De acordo com Pedro, quando a diretoria do Flamengo não o liberou para defender a seleção brasileira nas Olimpíadas, o jogador garantiu que ficou frustrado na época, principalmente por ter sido titular em apenas um jogo no período.

“Se eu falar que não (fiquei triste), vou estar mentindo. Naquele momento, fiquei, sim, frustrado. Queria muito ter ido para as Olimpíadas, e deixei isso claro para o Braz, o Spindel e o presidente. Eles não liberaram, mas em nenhum momento foram desonestos comigo. No período das Olimpíadas, joguei apenas um jogo como titular e isso me frustrou mais ainda. Mas não fica nenhuma mágoa. É passado. Longe disso, não sou de ficar remoendo o passado. O momento é de sequência pelo Flamengo”, revelou Pedro.

Pedro no Palmeiras: aconteceu ou não?

O jogador em entrevista também garantiu que, no começo do ano, quando o Palmeiras tentou a sua contratação, ele sequer ouviu a proposta do clube paulista. O motivo foi a recusa do Flamengo sobre a proposta e, por isso, Pedro não abriu negociações com o Verdão.

“Em nenhum momento chegou para mim a proposta. O Flamengo não aceitou e eu tenho um carinho enorme pela instituição, pelos torcedores. Se o Flamengo não aceitou, eu nem ouvi. Meu caráter é somente ouvir propostas que o Flamengo aceite. Meu foco não era o Palmeiras, era voltar a jogar pelo Flamengo e ter a sequência de agora”, revelou.

No entanto, apesar de ter sequer ouvido a proposta do Palmeiras, Pedro revela que pensou, em várias oportunidades, em deixar o clube carioca para seguir a sua carreira em outra equipe. O maior fator foi Paulo Sousa no comando da equipe, onde o atleta tinha poucas oportunidades.

“Naquele momento, eu estava um pouco abalado e, sim, eu pensava na janela para ver o que seria melhor para minha carreira. Mas o momento agora é de focar e pensar no Flamengo. Estou tendo as oportunidades, jogando jogos importantes. Vou querer sempre jogar e ter sequência”, finalizou.

Publicado em Torcedores