Início Notícias Oscar já revelou onde deseja encerrar a carreira

Oscar já revelou onde deseja encerrar a carreira

Crédito: Divulgação

O meia Oscar pode ser o novo reforço do Flamengo para a temporada. A informação é do jornalista italiano Fabrizio Romano, que publicou em seu perfil no Twitter uma possível conversa entre os diretores rubro-negros com o Shanghai SIPG, do futebol chinês.

Revelado pelo Internacional, o jogador passou pelas categorias de base do São Paulo e foi uma das maiores vendas da história do futebol brasileiro em 2012, quando acertou com o Chelsea, da Inglaterra. E é no clube inglês onde Oscar deseja pendurar as chuteiras.

Em 2021, durante entrevista ao jornal britânico The Guardian, o brasileiro com 30 anos atualmente afirmou que não pensava em deixar o futebol chinês naquele momento, mas que via um retorno à Premier League com bons olhos.

“Não penso em deixar a China. Há um grande projeto para mim aqui. Mas, para encerrar minha carreira, gostaria de voltar ao Chelsea. Lá construí uma bela história. Fui para a Premier League bem jovem, numa época em que os torcedores não confiavam muito nos jogadores brasileiros. Eu ajudei a mudar isso. Estarei um pouco mais velho quando tentar esta jogada de novo, mas, como estou jogando muito bem, com boas estatísticas, sinto que ainda há um lugar para mim no Chelsea”, disse Oscar.

Oscar não é o único na mira do Flamengo

Com ou sem Oscar, o Flamengo segue em busca de novos reforços para a reta final da temporada. O clube já anunciou as chegadas do atacante Everton Cebolinha o volante Arturo Vidal. Walace, da Udinese, e Wendel, do Zenit, também deve reforçar a equipe carioca.

Veja mais sobre o jogador

Com passagens pelo São Paulo na base, Oscar teve o primeiro destaque da carreira atuando pelo Internacional e foi contratado pelo Chelsea em 2012. O jogador era uma das maiores vendas da história do futebol brasileiro na época.

Bicampeão da Premier League e vencedor da Europa League, Oscar foi um dos pilares da seleção brasileira na conquista da Copa das Confederações, em 2013. No ano seguinte, foi titular na Copa do Mundo no Brasil e marcou o único gol da equipe na derrota sofrida para a Alemanha.

Entre altos e baixos, Oscar deixou a Europa em 2017 para atuar na China, ainda com 25 anos de idade. O contrato com o Shanghai SIPG é de 20,8 milhões de libras anuais de pagamento de salário desde então e ele tem vínculo até 2024 com o clube.