Início Notícias Flamengo admite preferência por estádio no Gasômetro

Flamengo admite preferência por estádio no Gasômetro

Projeto de estádio – Foto: Divulgação

TORCEDORES: Por Bruno Romão

Após a polêmica envolvendo o duelo entre Vasco x Sport, pela Série B, o Flamengo vem analisando a possibilidade de construir um estádio próprio. Em entrevista ao canal Papparazzo Rubro-Negro, o presidente do rubro-negro, Rodolfo Landim disse que analisa a situação com calma.

Como o Parque Olímpico não é visto com bons olhos, assim como um terreno em Deodoro, o Flamengo, segundo Renato Maurício Prado, pode construir sua casa no Gasômetro, local que seria propício para uma construção ampla e com bom acesso para torcida.

“O Parque Olímpico tem alguns complicadores. Uma parte é da Prefeitura (do Rio de Janeiro), uma parte é do Governo do Estado e uma parte é da inciativa privada. O Flamengo tem que acertar com três donos para fazer o estádio lá. Existe uma resistência pelo difícil acesso ao Parque Olímpico porque não tem metrô e linha de trem. Não tem como chegar a não ser por BRT e carro”, explicou, dando continuidade a outras alternativas:

“O terreno de Deodoro que o Eduardo Paes ofereceu é onde se pensou fazer o autódromo do Rio. É um lugar que tem linha de trem, mas existe uma resistência de muita gente alegando que uma Arena não seria tão rentável para grandes shows. O Flamengo não consegue ter um estádio só vivendo de futebol. Surgiu a hipótese que o Flamengo gosta mais: um terreno no Gasômetro, perto da Rodoviária do Rio de Janeiro. Minha fonte me garantiu que existe, é um terreno do Governo Federal. Ali seria sensacional porque está há dois quilômetros do Maracanã. Não sei qual o terreno e as dificuldades para receber essa concessão. É o local predileto da diretoria do Flamengo, que decidiu ter um estádio“, afirmou RMP em seu canal no YouTube.