Início Notícias Concessão do Maracanã não impedirá estádio próprio do Fla

Concessão do Maracanã não impedirá estádio próprio do Fla

Projeto de estádio – Foto: Reprodução

COLUNA DO FLA: O Flamengo não esconde o interesse de ter um estádio próprio. Apesar do Maracanã ser considerado a casa da torcida rubro-negra, o imbróglio pela licitação do Templo Sagrado com os outros times do Rio de Janeiro não agradou a diretoria, o que gerou uma procura maior por um terreno para criação de uma arena. O presidente do Mais Querido, Rodolfo Landim, abriu o jogo sobre o desejo do Clube da Gávea na construção de uma praça esportiva.

— A gente vai aguardar o edital que o Governo vai colocar. Vamos analisar e é claro que a gente já comentou várias vezes que temos o interesse de pegar o Maracanã. Mas a gente também analisa outras alternativas, não podemos ficar parados, já que não sabemos o que vem e como vem. Precisamos buscar alternativas para o Flamengo, que é um trabalho que fazemos continuamente -, destacou, antes de finalizar:

— Acho que o Maracanã é um grande estádio para grande jogos, mas o Flamengo pode ter também um paralelo com um outro estádio. O Maracanã é um lugar onde o Flamengo adora jogar, a logística é muito boa para os nossos torcedores, mas temos que buscar outras possibilidades porque a gente não sabe o que vem pela frente. Temos que aguardar e ver o que vai vir pelo nosso Governo e as condições para continuar jogando no Maracanã -, concluiu, em entrevista ao jornalista Gustavo Henrique ‘Dando Choque’.

É importante destacar que o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, realizaram uma reunião na última semana para tratar do estádio próprio rubro-negro. O político apontou Deodoro, na Zona Oeste da Cidade Maravilhosa, como um bom local para o Mais Querido construir a praça esportiva, e os dirigentes avaliam a situação. Vale ressaltar que o CEO do Clube da Gávea, Reinaldo Belotti, e o deputado federal Pedro Paulo, também participaram do encontro.

O Flamengo, por sua vez, prioriza a construção de um estádio próprio no Parque Olímpico, localizado na Barra da Tijuca. No entanto, o terreno é de uma iniciativa privada, ou seja, o Rubro-Negro seria obrigado a pagar um determinado valor para adquirir o espaço. Desta forma, a possibilidade de colocar uma arena em Deodoro se torna mais favorável, visto que uma negociação com o Governo seja mais simples de ser resolvida.