Início Notícias Bepe autoriza ‘inferno’ da torcida do Flamengo no Maracanã

Bepe autoriza ‘inferno’ da torcida do Flamengo no Maracanã

Foto: Divulgação

COLUNA DO FLA: Na próxima quarta-feira (13), Flamengo e Atlético-MG irão se enfrentar pelo segundo jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. Às vésperas do duelo bastante movimentado nos bastidores e com provocações de ambos os lados, o BEPE, Batalhão Especial de Policiamento em Estádios, liberou o uso do termo ‘inferno’ para festa da torcida, e não vê manifestação como apologia à violência.

Faixas e cartazes provocativos estão sendo elaborados pela torcida do Flamengo para recepcionar o Atlético-MG no Maracanã, e uma produção viralizou nas redes sociais: “Bem-vindos ao inferno”. Segundo o comandante do BEPE, Tenente Coronel Hilmar Faulhaber, o termo não faz incentiva a violência.

– Não chego a interpretar dessa forma. Temos torcidas organizadas com esse nome pelo Brasil. Talvez se fosse algo racista, homofóbico, xenófobo, ofensivo a honra ou que incitasse a violência direta, com certeza seria proibido -, disse o Tenente ao O Globo.

As mobilizações das torcidas, inclusive, estão previstas no estatuto, mais especificamente no art 13, inciso X. Todavia, uma lei estadual libera a livre manifestação no interior dos estádios. E justamente por este motivo, e ainda em relação ao termo “inferno”, o comandante do BEPE explicou a utilização do cartaz.

– Na verdade esse placa está no contexto que foi criado no entorno dessa partida, conforme declaração dada em entrevista por um jogador do Flamengo -, ponderou o Tenente. O atleta do caso é Gabigol, que em entrevista após a derrota do primeiro jogo, falou sobre a pressão dos atleticanos e disse que “lá (no Rio de Janeiro) eles vão conhecer o que é o inferno”.

Com atmosfera de pressão, a Maior Torcida do Mundo promete uma grande festa, com sinalizadores e fogos de artifício como forma de apoio ao clube para buscar a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil. A partida entre Flamengo e Atlético-MG será disputada nesta quarta-feira (13), no Maracanã, às 21h30 (de Brasília).