Início Notícias “Espero que a CBF esteja vendo”

“Espero que a CBF esteja vendo”

A bola só rola na quarta-feira (13), mas o duelo entre Flamengo x Atlético-MG já começou fora das quatro linhas com farpas e discussões entre os dirigentes. Depois das declarações do presidente do Galo, Sérgio Coelho, ao programa Linha de Passe, da ESPN, o vice-presidente Geral do Fla, Rodrigo Dunshee, também se pronunciou.

Em sua conta oficial no Twitter, Dunshee acusou os dirigentes do Atlético de utilizarem “estratégia antiética e vergonhosa”. Além disso, o VP do Flamengo afirmou que esse tipo de conduta “destrói o futebol”.

“Os dirigentes do Atlético Mineiro estão usando uma estratégia totalmente antiética e vergonhosa para preparar seus jogos e pressionar a arbitragem. Espero que a CBF esteja vendo o que está sendo feito. Esse tipo de conduta destrói o futebol e o leva aos níveis mais rasteiros”, escreveu o dirigente do Flamengo.

“Infelizmente tem um vice-presidente do Flamengo que dá declarações que acaba incentivando a torcida a fazer mais ameaças ainda. É uma irresponsabilidade muito grande, principalmente de uma pessoa que se diz advogada, acredito que seja mesmo, mas ao invés de ajudar a serenar os ânimos da torcida, ele coloca mais gasolina no fogo. Não dá pra entender uma atitude de um vice-presidente como ele”, disparou Sérgio Coelho no programa Linha de Passe, da ESPN, nesse domingo.

A polêmica começou ainda no Mineirão, em entrevista de Gabigol após a partida. Na ocasião, o atacante do Flamengo afirmou que no Maracanã o Atlético conheceria o inferno. Desde então, os dirigentes do Atlético-MG pressionam a CBF com medo da segurança.

Flamengo x Atlético-MG se enfrentam nesta quarta-feira, no Maracanã, em jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Na ida, o Atlético venceu por 2×1.

Fonte: Torcedores