Início Notícias André Santos vê Corinthians como ‘grande favorito’ contra Fla

André Santos vê Corinthians como ‘grande favorito’ contra Fla

Foto: Divulgação

MEU TIMÃO: O ex-lateral André Santos acredita que o Corinthians possui condições de derrotar o Flamengo, adversário deste domingo pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para ele, a equipe alvinegra leva vantagem por jogar em casa e chega forte ao confronto após despachar o Boca Juniors, da Argentina, na Copa Libertadores.

“Jogando em casa, eu acredito que sim. Apesar de que nos últimos dois, três anos, o Flamengo tem feito jogos muito duros. O Corinthians não tem tido muito sucesso contra o Flamengo. Mas eu aposto que nesse momento o Corinthians é o favorito, apesar de o Flamengo ter eliminado o Tolima e antes ter ido a Santos e ter vencido o Santos, na semana passada. Acredito que jogar na Arena cheia, lotada, após Boca na Libertadores, o Corinthians é o grande favorito”, disse o ex-jogador em entrevista ao Uol Esporte.

Aposentado, André Santos ostenta passagens vitoriosas por Corinthians e Flamengo. O ex-jogador, no entanto, não esconde sua paixão pela equipe do Parque São Jorge, onde conquistou a Série B do Campeonato Brasileiro, em 2008, o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil, em 2009.

“Sempre fui corintiano, a minha família sempre foi corintiana, eu nunca deixei de frisar isso. Tenho um carinho muito grande pelo Flamengo, quem é Flamengo sabe disso, sabe a minha história lá, sabe qual foi o meu passado com a camisa do Flamengo. Mas o André Santos torce mais e tem um coração muito mais corintiano do que Flamengo”, revelou.

Corinthians e Flamengo se encontrarão em três oportunidades diferentes em um período de 30 dias. Além do jogo deste final de semana, os times se encaram nas quartas de final da Libertadores nos dias 02 e 09 de agosto. Ciente do nivelamento dos times, André Santos declarou que não há favorito.

“Esses dois jogos vão ser espelho para a sequência do ano para ambas as equipes, inclusive o Corinthians eliminando o Boca fora de casa, a gente sabe o quanto é difícil jogar lá […] Mas o Dorival já mostra um bom trabalho no Flamengo, então vai ser um duelo muito disputado com o VP. O Dorival está colocando a cara dele no Flamengo, o torcedor está confiante. Os treinadores estrangeiros estão dominando, estão vindo e fazendo bons trabalhos. Desde que começou o Brasileiro, o Corinthians com o VP está nas primeiras posições e sem dúvida alguma não vai entregar com facilidade. Vejo que vai ser um duelo muito bacana e que ninguém vai querer perder”, falou.

André Santos ainda comentou sobre a vitória histórica do Corinthians sobre o Boca Juniors, na última terça-feira, e classificou Cássio como o grande ‘herói’ da equipe alvinegra. O goleiro corinthiano, vale lembrar, defendeu duas penalidades e foi um dos responsáveis por colocar o time nas quartas de final da competição continental.

“Não me surpreendeu. Até porque, antes do jogo, eu falei que realmente a classificação viria independente como seria. A gente sabe que Corinthians é sempre sofrimento. Eu não tenho dúvida o quanto os atletas confiam no Cássio, e ele mais uma vez demonstrou que é gigante, é goleiro de time enorme, é jogador de jogar no Corinthians mesmo, é goleiro de decisão. Mais uma vez decidiu para o timão. A gente fica muito feliz. Eu, particularmente, estou muito feliz por ser corinthiano e por ter assistido ao jogo e saber que, além do sofrimento, a gente saiu com essa classificação incrível. Parabenizar todos os atletas, não só o Cássio, pela entrega, pelo resultado”, contou.

PUBLICIDADE

Por fim, André Santos rasgou elogios a Fábio Santos e deu detalhes sobre a importância do lateral-esquerdo ao Corinthians. Para ele, a experiência e a história do jogador são essenciais para a consolidação do clube alvinegro.

“O Fábio Santos é um cara experiente, sabe o que é jogar no Corinthians, sem dúvida alguma tem uma qualidade tremenda, soma muito ainda para o clube. Ele foi campeão mundial sabe o que é jogar com a camisa do Corinthians, não tenho dúvida nenhuma que ele agrega bastante, tanto dentro de campo quanto fora. É claro que hoje fisicamente não é mais aquele menino de 20 e poucos anos que é muito diferente, mas eu não tenho dúvida que o Fábio Santos tem muito a que agregar ainda”, finalizou.