Início Notícias Após polêmica com Gabigol, Atlético-MG pede à CBF e ao Flamengo ...

Após polêmica com Gabigol, Atlético-MG pede à CBF e ao Flamengo segurança reforçada no Maracanã

O Atlético Mineiro empatou com o Emelec, nesta terça-feira (28), pela primeira partida das oitavas de final da Libertadores. O Galo agora recebe os equatorianos em casa, no dia 5 de julho, precisando apenas de um empate sem gols para avançar. Porém, o assunto do Atlético já é outro. 

 



 

Na Copa do Brasil, o Galo está também nas oitavas de final contra o Flamengo, e após vencer a partida de ida por 2 a 1, algumas polêmicas cercaram o jogo. Após o apito final, o Gabigol, atacante Rubro-Negro afirmou: “Quando eles forem para lá vão conhecer o que é pressão e o que é inferno“, o Atlético afirmou que o jogador estava estimulando a violência e pediu uma punição ao atleta. 

 

 

 

Mas, as polêmicas não param por aí. Mesmo com mais de duas semanas de antecedência, o Atlético Mineiro já enviou um pedido à CBF, ao Ministério Público e ao Flamengo para reforçarem a segurança do time do Galo durante sua ida ao Maracanã para a partida de volta, afirma o portal Globo Esporte. 

 

 Alessandra Torres/AGIF - Jogo de ida na Copa do Brasil.
Alessandra Torres/AGIF – Jogo de ida na Copa do Brasil.

 

Requerer o apoio desse D. Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro (ISP), para resguardar a segurança e a integridade física de seus torcedores e da sua comissão técnica, já que inúmera ameaças de torcedores rubro-negros nas redes sociais, incitando a violência e indicando que a torcida atleticana será recebida com grande violência, no dia do evento“, diz parte do ofício enviado pelo Galo. 

 

 

 



Segundo o GE, a diretoria do Atlético incluiu alguns prints que mostram torcedores do Flamengo fazendo ameaças à delegação. Ainda não houve resposta da CBF ou de qualquer das partes em relação ao pedido feito. Os bastidores do confronto já revelam que o duelo das duas equipes promete ser quente. 

Fonte: Bolavip